Exposição 2019.12 – Espedito Seleiro: 80 anos de couro e alma – 13/08/2019

A presença do Cariri Cearense no Museu de Arte da UFC

Desde o final da década 50, nas suas iniciativas pioneiras de pensar extensão, cultura e museologia ao alcance de todos, a Universidade Federal do Ceará realiza exposições ressaltando a arte do Cariri Cearense. A primeira mostra sobre Cultura Popular ocorreu nos idos de 1957, no Salão Nobre da Reitoria, com o acervo que posteriormente iria integrar a coleção deste Museu de Arte.

Sessenta e dois anos depois e no mês em que se celebra o Folclore e a Cultura Popular, a UFC, através do seu Museu de Arte, recebe e acolhe a primeira mostra artístico-histórica pensada, projetada e coordenada pela professora Tania Vasconcelos do Curso de Design.

Espedito Seleiro- 80 anos de Couro e Alma, traz à tona e em evidência, o lema estrutural da UFC, o “universal pelo regional”, por meio de uma exposição que apresenta a história de um sertanejo artesão que ganha o universal com o couro, os traços, as cores e as formas únicas descobertas e impulsionadas pelo Design brasileiro. A história de Mestre Espedito traz ao Mauc a vibração e vivacidade do sertão e do sertanejo vibrando no coração da metrópole cearense.

Graciele Siqueira
Diretora do Museu de Arte da UFC


O projeto se realiza

A exposição Espedito Seleiro- 80 anos de Couro e Alma é um projeto de Extensão do curso de Design, da Universidade Federal do Ceará, que desabrocha da vontade de apresentar à comunidade a trajetória de vida voltada ao trabalho, passado de geração para geração, originando a obra deste fiel artesão designer que segue construindo um universo de identidade ímpar ao longo de oito décadas de ofício no interior do Ceará, no Cariri, mais precisamente em Nova Olinda.

Partindo do cenário inicial com cangalhas, selas e diversos outros artefatos desenvolvidos em couro natural voltados às atividades de vaqueiros, tropeiros e cangaceiros, a mostra segue apresentando os arabescos com a linguagem gráfica e inserção do couro colorido, com toda a diversidade e riqueza de detalhes avançando na trajetória de forma a enfatizar o diálogo de Espedito Seleiro com o universo do Design.

Assim, por meio de tantos projetos e desafios, de parcerias diversificadas, seja no Design de Moda ou Design de Produtos e Mobiliário, sua produção segue evoluindo de forma consistente e firme, apresentando toda a inovação e contemporaneidade que lhe é solicitada, que de forma grandiosa contagia a todos que a conhecem, levando o talento do Mestre… do sertão para o mundo, com toda a sua essência, de couro e alma!

Tania Vasconcelos
Coordenadora do Projeto


Espedito Seleiro, 80 anos de couro e alma

Por meio de uma intuição inventiva, astuta e criativa, se fez um dos mais expressivos artesãos brasileiros, implementando uma marca que não nega as origens e que, hoje, representa inegavelmente toda uma vertente da cultura popular nacional. 

Espedito Seleiro construiu com as mãos, através de sinuosos recortes, um mundo lúdico de couro e de cor que vai muito além da técnica e  da materialidade refinada dos seus produtos. Além de representar uma identidade autêntica e singular, seu trabalho é cheio de significados e de expressões genuínas da nossa ancestralidade. Uma obra expressa na contemporaneidade de produtos que se eternizam,  não apenas por nos encher os olhos, mas por engrandecer nossa alma.

Esta exposição-homenagem ao designer-artesão tem o intuito de trazer alguns recortes de uma  trajetória de quase 80 anos no ofício do manuseio do couro. A exposição traz ainda as influências e tradições do mestre, seu negócio em família, as parcerias  e, principalmente seus produtos. Além de cobrir e proteger eles embelezam nossos corpos abrigando-os em uma casa que é feita de pura imaginação. É por isso e mais um pouco que ele se fez mais que um artesão ou um designer, ele se fez um Mestre.

Erico Gondim
Curador

Obras: objetos em couro (sela, bolsas, vestuário, calçados), mobiliário, fotos, vídeos, esculturas, moldes, instrumentos de trabalho.

 

Créditos

Universidade Federal do Ceará 

Reitor
Henry de Holanda Campos

Vice-reitor
Custódio Luís Silva de Almeida

Pró-reitora de Extensão
Márcia Maria Tavares Machado

Diretora do Museu de Arte da UFC
Graciele Karine Siqueira

Diretor do Centro de Tecnologia
Carlos Almir Monteiro de Holanda

Coordenadora do Curso de Design
Mariana Monteiro Xavier de Lima

Projeto Espedito Seleiro 80 anos

Coordenadora do Projeto
Tania de Freitas Vasconcelos

Alunos colaboradores
Ana Carolina de Alcântara Pereira
Gabriel da Silva Ferreira
Monica Rodrigues dos Santos
Renata Pinheiro de Almeida
Sanderson Amaral Souza

Exposição

Curadoria
Érico Gondim Oliveira

Design Expográfico
André Scarlazzari
Érico Gondim Oliveira
Tânia de Freitas Vasconcelos

Assistente de Expografia e Identidade Visual
Ana Carolina de Alcântara Pereira
Gabriel da Silva Ferreira
Monica Rodrigues dos Santos
Renata Pinheiro de Almeida
Sanderson Amaral Souza

Textos
Eduardo Motta

Fotografias
Francisco Hélio de Sousa Filho
Jorge Freire Costa


 

Exibir: subpáginas.