Mauc é beneficiado em chamada pública do Fundo Ibermuseus para o Patrimônio Museológico

12 de dezembro de 2019

A Reserva Técnica, o Arquivo Institucional e Jean-Pierre Chabloz e a Biblioteca Floriano Teixeira do Mauc estão protegidas por portas corta-fogo. Adquiridas através do Fundo Ibermuseus para o Patrimônio Museológico, as portas integram um plano de intervenção que visa garantir a segurança não somente de obras, documentos e demais objetos, mas também de nossa equipe e do público, considerando que os locais onde elas foram instaladas estão distantes da saída.

“Após o lastimável incêndio que consumiu o Museu Nacional, o campo museal brasileiro não é mais o mesmo. Os profissionais dos museus, que já viviam diariamente os medos dos sinistros passaram a se preocupar ainda mais com a segurança no âmbito institucional. Para o Mauc, a instalação das portas corta-fogo constitui uma ação de extrema importância para a preservação de seu valioso acervo, contribuindo com a prevenção e a diminuição dos riscos, sempre existentes”, comemora Saulo Moreno Rocha, museólogo e coordenador do Núcleo Educativo Mauc.

Marcadores: