MAUC triplica número de visitantes e compartilha experiências em Jornada; assista à reportagem

12 de dezembro de 2019

Imagem: Número de visitantes do MAUC deve chegar a 15 mil em 2019 (Foto: Viktor Braga/UFC)O ano de 2019 foi intenso no Museu de Arte da UFC (MAUC). O equipamento cultural da Universidade mais que triplicou o número de visitantes em dois anos: em 2017, cerca de 4.500 pessoas passaram pelo MAUC; em 2019, o público deve chegar à casa dos 15 mil visitantes.

O balanço é resultado, dentre outros fatores, da ampliação do leque de exposições e atividades culturais ofertadas. Mas não apenas isso: o trabalho da equipe técnica e de bolsistas e voluntários alavancou os números do MAUC – conquista que foi compartilhada nesta terça-feira (10), durante a I Jornada de Práticas Educativas e Científicas daquele museu.

O evento foi uma oportunidade de estudantes e servidores dividirem as experiências vividas ao longo de 2019. Segundo a diretora do MAUC, Graciele Siqueira, cerca de 50 estudantes atuaram em projetos dos Núcleos Educativo e de Comunicação, no Arquivo Institucional e na Biblioteca Floriano Teixeira do museu.

Os resultados foram inúmeros: diversificação das atividades, ações de conservação preventiva de documentos históricos, padronização e reorganização do acervo, higienização de obras, ampliação da presença do MAUC em plataformas de redes sociais, dentre outros.

Outra conquista foi uma maior qualificação do atendimento ao público. “Nós pudemos aumentar os agendamentos a grupos escolares, por exemplo. E a recepção, qualificada com bolsistas de várias áreas, como História, Letras, Pedagogia etc., tornou-se menos apresentativa e mais dialógica, fazendo o público pensar no papel dos museus na sociedade”, explica a diretora do MAUC, Graciele Siqueira.

Assista à reportagem da UFCTV:

O trabalho no museu surte também efeito positivo na formação dos estudantes. Quem confirma é a aluna do Curso de História Clotilde Mariana Campos Santos, que atua como bolsista de Iniciação Acadêmica do MAUC. Embora se considere “uma pessoa muito nervosa” para falar em público, aprendeu a lidar com o nervosismo no dia a dia do museu.

“O museu é um espaço de formação acadêmica e individual. Em relação às exposições, tem os artistas que vêm, trocam experiências, interagem com a gente, e, assim, vamos aprendendo. Outra coisa é a comunicação. Aqui recebemos vários públicos, de várias idades, e a gente aprende a lidar, a se comunicar. A (experiência da) bolsa é o primeiro momento para a gente se desafiar”, relata Clotilde.

SERVIÇO:
Museu de Arte da UFC
Onde: Avenida da Universidade, 2854, Benfica
Visitação: segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h; há abertura em alguns sábados
Agendamento de visitas mediadas: (85) 3366 7481 ou mauc@ufc.br
Mais informações: www.mauc.ufc.br ou @museudearteufc no Instagram

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social e Marketing Institucional da UFC – fone: (85) 3366 7331

Marcadores: