Português

2021.03 – Museu florestal de São Paulo é fruto do trabalho incansável de um engenheiro agrônomo português que nutria um profundo amor pela natureza

Cartaz padrão do #ficaadica com este dizer escrito na parte inferior na cor branca sobre um fundo cinza translúcido. Abaixo dessa faixa temos a seguinte informação: "Foto: infraestruturameioambiente.sp.gov.br". De fundo temos a fotografia aproximada de uma árvore e logo atrás, temos uma casa de cor amarela, com duas grandes escadarias. A casa amarela possui detalhes, na cor branca, nas escadas e ao redor da janelas, que são de cor marrom.

Museu Florestal Octávio Vecchi. (Foto: infraestruturameioambiente.sp.gov.br).

Você já entrou em um ambiente cujas janelas, portas, assoalho, forro e móveis são feitos unicamente de madeira? Não? Pois esse lugar existe! Trata-se do Museu Florestal Octávio Vecchi! Vamos conhecer sua história?

Inaugurado em setembro de 1931, este importante centro de preservação ambiental da flora do Estado de São Paulo é fruto do incansável trabalho do engenheiro agrônomo português Octávio Vecchi (1878-1932).

Chegando ao Brasil em 1911, a convite do então diretor do Serviço Florestal da Companhia Paulista de Estradas de Ferro Edmundo Navarro de Andrade, Octávio dedica-se de corpo e alma ao estudo, cultivo e preservação das espécies de plantas de alguns hortos botânicos que começavam a surgir no Interior do Estado, supervisionados pelo Serviço Florestal. Naturalizado brasileiro em dezembro de 1927, foi nomeado diretor geral do órgão.

Entre 1928 e 1930, supervisionou a construção do Museu Florestal Octávio Vecchi. Possuindo dois andares, o edifício abriga um valioso acervo com mais de 3.000 itens. Vitrais coloridos, painéis, pranchas de madeira com entalhes botânicos, aquarelas e xilogravuras, entre outros itens, revelam a riqueza da fauna e flora da região.

A estrutura arquitetônica ganha beleza com a presença da madeira decorativa em diversos pontos do Museu. A madeira de diferentes espécies de árvores nativas foi cuidadosamente selecionada para ser utilizada na ornamentação de pórticos, janelas, assoalhos e forro dos pavimentos superior e inferior. Mesas, cadeiras e lustres, entre outros objetos, também foram fabricados com muita arte por entalhadores de madeira para compor o acervo do Museu.

Conhecer de perto este valioso trabalho proporciona ao visitante um rico aprendizado sobre a fauna e a flora do nosso País, com destaque para algumas espécies. E o melhor: tudo representado em madeira!

Passando por São Paulo, não deixe de conferir tudo o que o Museu Florestal Octávio Vecchi preparou para todos os amantes da natureza!

Maiores informações: https://pt-br.facebook.com/museuflorestal/.

Por Carlizeth Campos

Assistente em administração do Mauc

17/03/2021