As mulheres em destaque no Mauc

2 de março de 2020

Neste mês de março o Museu de Arte da UFC coloca em cartaz o olhar feminino em três exposições assinadas completamente por mulheres seja nas obras, curadoria ou organização. No mês em que temos as comemorações pelo Dia Internacional das Mulheres, elas estarão em destaque absoluto no Mauc a partir desta quinta(05) com a abertura de “Design por Mulheres 2020″, às 19h, e na sexta (06) com a estréia de ” O Monstro que Nasce Quando o Amor Acaba” e de “Adjetivo Feminino” às 17h. Confira abaixo mais informações:

Exposição “Design por Mulheres 2020”

Entre os dias 06 de março e 08 de maio a exposição “Design por Mulheres 2020” retorna ao Museu de Arte da Universidade Federal do Ceará-MAUC em sua segunda edição. A mostra resulta do Projeto de Extensão Universitária do curso de Design da Universidade Federal do Ceará realizado por alunas do curso de Design e do curso de Arquitetura e Urbanismo da UFC, movidas pela vontade de investigar e dar visibilidade ao papel da mulher no Design brasileiro.
Desde 2018, o projeto vem abrindo espaço para o debate sobre a atuação da mulher no Design e produzindo um estudo documental, não apenas mapeado essas profissionais, mas revelando projetos inovadores que contribuem para a formação efetiva do campo do Design no Brasil. De acordo com a coordenadora do projeto e da exposição, Profa. Tânia Vasconcelos “o projeto tem o desejo coletivo de desbravar a produção feminina no Design iniciando no meio acadêmico com a produção de pesquisas e expandir territórios, partilhando com a comunidade em contexto expositivo”.
Nesta exibição é apresentado um panorama da trajetória de nove mulheres designers, que expressivamente produziram ou ainda produzem repertórios singulares contribuindo para a construção e transformação do cenário do Design dentro e fora do Brasil. A curadoria é novamente realizada por Luciana Eloy, ressaltando afinidades entre as nove designers que na multiplicidade de suas atuações partilham visões, processos e repertórios estéticos, e ao mesmo tempo apresentam significativas diferenças em suas trajetórias, inovando e contribuindo expressivamente para o Design. De acordo com a curadora, “afinidade e diferença” dão o tom a essa nova narrativa que não almeja mostrar um Design feminino, mas a diferença do que é produzir Design como mulher”. Assim como na primeira mostra de 2018, nove diferentes mulheres se encontram na exposição. Algumas estiveram na linha de frente do Design com práticas inovadoras e outras reverberam hoje em suas produções contemporâneas, ressaltadas nos nomes de Andrea Kulpas, Clementina Duarte, Cristina Pagnoncelli, Elaine Ramos, Janete Costa, Marianne Peretti, Mirthes Bernardes, Renata Rubim e Zuzu Angel.
Diante dessas trajetórias, o público, terá a oportunidade de dialogar com uma exposição de natureza visual, conceitual e iconográfica que envolveu essas nove narrativas em um projeto expositivo de forte identidade visual. Na verdade a exposição é um exercício vivo, um campo de experimentações do próprio curso de Design, onde alunas, professoras e curadora atuam conjuntamente na produção do projeto expográfico, identidade visual e projeto editorial de um catálogo que será distribuído ao longo da mostra. Assim, a exposição tem o objetivo de partilhar conhecimento e proporcionar uma experiência diferenciada. Design por Mulheres 2020 apresenta à cidade de Fortaleza a oportunidade de conhecer a produção feminina de Design, tanto nas trajetórias apresentadas quanto na concepção da própria exposição.

Serviço
Exposição “Design por Mulheres 2020”
Abertura: 05 de março às 19h
Gratuito e aberto ao público
Visitação: 06 de março a 08 de maio de 2020

 

Exposição “O Monstro que Nasce Quando o Amor Acaba”

Azuhli é o anagrama de Luiza Veras, a jovem e talentosa artista plástica natural de Fortaleza, que transcreve a urgência dos sentimentos em suas obras, cuja dramaticidade e signos emocionais são característicos.
“O monstro que nasce quando o amor acaba” é a sua segunda exposição individual e será apresentada no Museu de Arte da UFC, a partir do dia 06/03, com curadoria de Andréa Dall’Olio e Veridiana Brasileiro, numa coletânea de desenhos, pinturas e esculturas.
É uma exposição autobiográfica altamente sensível e delicada, permeada pela dialética dos seus relacionamentos e sentimentos, expondo sua intimidade e exteriorizando o seu cotidiano passional.
Revela a quietude e fortalecimento da jovem mulher que não tropeça nas adversidades mas ganha maturidade e reverte as perdas em arte. Carregada de antifragilidade, num processo de crescimento e mutação pessoal que transforma a dor e o amor em beleza visual, Azuhli revela o silêncio e o grito invisíveis nas cicatrizes que fazem parte da sua identidade artística.
É sem dúvidas uma exposição para marcar o território dos sentimentos e relacionamentos da artista que ressignifica e se apropria de sua história de vida numa catarse emocional.
Este é um convite para adentrar no coração de Azuhli, sentir suas emoções e ouvir o seus sentimentos, numa exposição que emociona e encanta!

(Texto Curatorial por Veridiana Brasileiro )

Serviço
Abertura exposição O Monstro que Nasce Quando o Amor Acaba
Dia 06 de março às 17 horas
Gratuito e aberto ao público
Visitação: 06 de março a 27 de março de 2020

Exposição “Adjetivo Feminino”

A segunda edição da exposição coletiva “Adjetivo Feminino” será realizada no Museu de Arte da UFC – Mauc. É uma mostra de artistas plásticas mulheres com atuação na cidade de Fortaleza, com a intenção de mostrar o olhar feminino e seu fazer artístico. Nesta edição, duas eras fazem parte do elenco de artistas participantes: a participação póstuma de grandes artistas que atuaram no século XX e cujas obras fazem parte do acervo particular do MAUC e o grupo de artistas contemporâneas que atuam na cidade de Fortaleza.
A realização dessa exposição é uma homenagem às mulheres e também tem a intenção de apresentar a diversidade de expressões artísticas femininas. É uma oportunidade de mostrar ao público a força e a qualidade dessas produções.
São trabalhos singulares e originais que expressam a alma feminina e toda a sua subjetividade criando assim um diálogo inconsciente com o espectador. A exposição coletiva será formada por 27 artistas mulheres que são cearenses ou tem a sua produção no estado. As artistas da mostra são: Ana Debora Pessoa, Andréa Dall´Olio, Anete Mendonça, Beatriz Bley, Carmelita Fontenele, Clarissa Ribeiro, Cris Cavalcante, Daisy Grieser, Digeórgia, Heloysa Juaçaba, Ivany Gomes, Jacinta Cavalcante, Joana Salle, Lana Benigno, Lia Sanders, Maiara Capistrano, Mariza Viana, Nice Firmeza, Nícia Bormann, Raianny Queiroz, Salete Rocha, Sandra Montenegro, Segiane Cabrall, Sinhá D’Amora, Tereza Mello, Vera Dessart e Vera Sampaio.
Cada artista traz nessa exposição sua linguagem, seu olhar e identidade artística que dialogam entre si. Demonstrando a multiplicidade de trajetórias, técnicas, temas e suportes.
A Exposição teve a primeira edição no Centro Cultural Belchior no mês de março de 2019, o mês da mulher, foi uma homenagem às mulheres e também apresentou a diversidade de expressões artísticas femininas. A curadoria, expografia e produção artística são assinadas pelas artistas Andréa Dall´Olio e Sandra Montenegro.

SERVIÇO:
Abertura Exposição Adjetivo Feminino
Sexta (06/03), às 17 horas
Gratuito e aberto ao público
Visitação: 06 de março a 27 de março de 2020

O Museu de Arte da UFC está situado na Av. da Universidade, 2854, Benfica, e funciona de segunda a sexta-feira, das 08h às 12h e das 13h às 17h. Em sábados agendados, o museu abre para visitação com programação especial. Mais informações sobre as atividades culturais do espaço podem ser encontradas no site e nos perfis do museu no Instagram e no Facebook.

Fones: (85) 3366 7481 e 3366 7480