Grupo Iluminuras expõe Literatura e Bordado no Museu de Arte

13 de junho de 2019

Foto: Saulo Moreno

Aconteceu na segunda-feira, 10 de junho, a abertura da exposição “Iluminuras: literatura e bordado”, que ocupa o espaço de exposições temporárias do MAUC até 19 de julho. Com 109 obras em exibição, a exposição apresenta produções do Grupo Iluminuras, projeto de extensão vinculado ao projeto Acervo do Escritor Cearense, da Biblioteca de Ciências Humanas (BCH) da Universidade Federal do Ceará.

O “Iluminuras”, criado em 2014, por ocasião do centenário de nascimento do contista cearense Moreira Campos, se propõe a “reunir pessoas que, remotivando a tradição medieval, buscam por meio de imagens bordadas, realizar uma leitura interpretativa de obras literárias.”. É coordenado pela Prof.ª Dr.ª Neuma Cavalcante, professora do Departamento de Literatura do Centro de Humanidades da Universidade Federal do Ceará.

Ressignificando a produção das iluminuras medievais, o grupo indica que, em sua ação, “pincel, tinta e pergaminho são substituídos por agulha, linha e tecido na revelação artística de um ato de ler cujo hábito e qualidade se tem em mente desenvolver.”. Portanto, o grupo alia o estudo e o incentivo à leitura com a prática da arte do bordado, impulsionando assim a construção coletiva de conhecimentos.

A Prof.ª Neuma Cavalcante, renomada especialista em literatura, com ênfase na obra de João Guimarães Rosa, tema de seu doutorado, afirma que era um desejo do grupo expor no Museu de Arte “porque é o museu da universidade e além disso reconhece o nosso trabalho como arte, então, foi com imensa honra e alegria que recebemos o convite da diretora Graciele.”. Ainda segundo a professora, a exposição tem dado grande visibilidade ao projeto, atraindo pessoas interessadas em participar, inclusive de fora da comunidade acadêmica, abrindo as portas da UFC à sociedade e formando novos públicos para a arte.

         Prof.ª Neuma Cavalcante
            Foto: Saulo Moreno

A coordenadora do Iluminuras, que se refere às participantes do projeto como “iluminuristas”, destaca que no projeto o bordado “é uma expressão da leitura, pois são as emoções, as sensações despertadas no contexto de leitura das obras literárias e das interpretações feitas por cada participante.”. O objetivo maior do projeto de extensão, assim, é desenvolver o gosto pela leitura: “o nosso bordado é uma linguagem que nossas participantes usam pra dizer o que pensam e o que sentem. Não é só ornamento, mas resultado de um processo amplo de reflexão, interpretação e expressão criativa.”, finaliza.

Foto: Saulo Moreno

Iluminuras no MAUC

Tendo participado de eventos e exposições em outros espaços e ocasiões, o acervo do projeto Iluminuras é formado por mais de 100 obras, todas bordadas. No MAUC, estão em exposição bordados inspirados em obras dos escritores Moreira Campos, José de Alencar, Pero Vaz de Caminha, Guimarães Rosa e Patativa do Assaré, além das escritoras Rachel de Queiroz, Natércia Campos e Clarisse Lispector.

Foto: Rômulo Santos

O grupo se reúne uma vez por semana, às quintas-feiras, das 14 às 16 horas. As obras literárias escolhidas são lidas coletivamente, discutidas em seminários e palestras e inspiram os bordados. Durante o período da exposição, as reuniões do grupo ocorrerão no MAUC e serão abertas ao público. Também ocorrerão oficinas, conduzidas pelo projeto e abertas à comunidade.

Para Graciele Siqueira, museóloga e diretora do MAUC, a exposição do Grupo Iluminuras, ao trazer a literatura para o museu, “dialoga com a diversidade de manifestações artísticas que, inclusive, temos buscado divulgar por meio de nossas exposições e ações culturais.”. O bordado como arte, ainda segundo a diretora, é outra marca importante da exposição, que valoriza o trabalho criativo das bordadeiras e toda dedicação que empenham no encontro com a literatura como inspiração: “Além disso, trata-se de um projeto de extensão de nossa universidade, o que nos faz ainda mais felizes por acolher tal iniciativa em nosso museu, sempre atento e aberto à divulgação do que é produzido de inovador e relevante na UFC”, conclui.

Prof.s Gilmar, Pedro e Roberto. Foto: Saulo Moreno

Prestigiaram a cerimônia de inauguração os professores Gilmar de Carvalho, Pedro Eymar Costa, Roberto Galvão, além das integrantes do Iluminuras e servidoras da PROGEP – UFC.

“Iluminuras: literatura e bordado” fica em carta no Museu de Arte da UFC até 19 de julho. O museu funciona de segunda à sexta-feira, das 8 às 12 e das 13 às 17 horas, com entrada gratuita. Grupos podem agendar visitas mediadas por telefone ou e-mail.

Foto: Rômulo Santos

 

Serviço

Exposição “Iluminuras: literatura e bordado”

Visitação: 10 de junho a 17 de julho de 2019

Local: Museu de Arte da UFC

Avenida da Universidade, 2854 – Benfica – Fortaleza

Telefone: (85) 3366-7481

E-mail: mauc@ufc.br

 

Marcadores: