MAUC recebe exposição multissensorial “O grande veleiro”, sobre Arthur Bispo do Rosário

29 de outubro de 2019

Imagem: O título da exposição se dá pelo uso frequente que Bispo fez em suas criações de navios, fruto de sua experiência como marinheiro na juventude (Foto: Divulgação)O Museu de Arte da UFC (MAUC) receberá a exposição O grande veleiro, que dará ao público a oportunidade de imersão no mundo de Arthur Bispo do Rosário (1909 ou, segundo outras fontes, 1911 – 1989), um dos artistas de maior referência na arte contemporânea brasileira. A mostra, composta de fotos, painéis e reproduções de esculturas inspiradas em trabalhos do controvertido artista, será aberta nesta quarta-feira (30), a partir das 19h. A visitação gratuita e aberta ao público segue até 20 de dezembro.

Com a curadoria do Departamento Nacional do Serviço Social do Comércio (SESC), O grande veleiro apresenta a vida e a obra do artista que levantou o debate no campo da arte sobre os limites entre a insanidade e a produção artística.

Leia mais: Exposição Arte sob o microscópio é aberta no MAUC; mostra receberá doação de livros

Leia mais: Museu Bispo do Rosario (RJ) lança campanha de financiamento coletivo para realizar a restauração de obras do seu acervo

Realizada por meio de estações sensoriais que levam o visitante a vivenciar o universo de Bispo do Rosário embarcando, como marinheiros, na descoberta de novos olhares sobre a arte e cultura na imensidão poética do artista, a exposição busca propiciar ao público a experiência e o contato com temas como identidade e território, arte e loucura, pertencimento e exclusão.

Imagem: Arthur Bispo do Rosário, com obras produzidas durante suas internações em hospitais psiquiátricos, é referência na arte contemporânea brasileira (Foto: Reprodução da Internet)Arthur Bispo do Rosário levanta controvérsias. Foi considerado louco por alguns e gênio por outros, sua obra foi produzida durante 50 anos de internação em hospitais psiquiátricos a partir de itens reutilizados do lixo e da sucata.

O trabalho do artista foi classificado como arte vanguardista e comparado à obra de Marcel Duchamp, um dos principais expoentes da vanguarda artística europeia do início do século XX. O título da exposição se dá pelo uso frequente que Bispo fez em suas criações de navios, fruto de sua experiência como marinheiro na juventude.

O grande veleiro integra o projeto Arte SESC, que desde 1981 promove a circulação nacional de mostras artísticas, alcançando o interior do País. Nos últimos anos, o projeto se voltou para a arte contemporânea, permitindo contato do público com obras de artistas como Beatriz Milhazes, Nuno Ramos, entre outros. A mostra já percorreu as cidades de Sergipe, Rio de Janeiro, Crato e Juazeiro do Norte.

AGENDAMENTOS – A visitação é gratuita e aberta ao público. É possível também agendar grupos de escolas, universidades e independentes. Os detalhes estão no site do MAUC. O Museu de Arte da UFC está situado na Av. da Universidade, 2854, Benfica, e funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h. Em sábados agendados, o museu abre para visitação com programação especial. Mais informações sobre as atividades culturais do espaço podem ser encontradas no site e nos perfis do museu no Instagram e noFacebook.

Fonte: SESC e Museu de Arte da UFC – fones: (85) 3366 7481 e 3366 7480

Marcadores: