Português

2020.08 – Museu inaugurado em 2018 realiza um belo trabalho de difusão, pesquisa e valorização do patrimônio artístico de uma comunidade quilombola alagoana

Nas nossas publicações deste ano, iniciadas em fevereiro, conversamos sobre a história e o belo trabalho de equipamentos culturais de diversos municípios do nosso Estado.

Hoje, iniciaremos uma nova série de posts com superdicas de museus de outros Estados do Nordeste brasileiro. E, para começar, vamos conversar um pouquinho sobre o Espaço de Memória Irinéia Rosa. Você já conhece sua história? Não? Então vamos lá!

O Espaço de Memória Artesã Irinéia Rosa Nunes da Silva, conhecido como Museu Muquém, atua na difusão, pesquisa e valorização da arte popular de Quilombo Muquém, comunidade alagoana localizada no município de União dos Palmares.

Dona Irinéia na inauguração do Museu Munquém. (Foto: Kaio Fragoso/Agência Alagoas.)

Vinculado ao Núcleo de Pesquisa em Literatura e Artes Visuais (NUPLAV) da Universidade Estadual de Alagoas, este importante espaço de memória traz em seu acervo peças de utilidade doméstica e decorativas, entre outros itens, fruto do grande talento dos artesãos da região, que, com muita criatividade, usam o barro na produção de suas obras.

Idealizado pelo professor Jairo José Campos da Costa, iniciou suas atividades em abril de 2018. Desde então abre suas portas para receber estudantes, professores, pesquisadores e demais pessoas que desejam conhecer de perto toda a riqueza do belíssimo trabalho dos artesãos da comunidade de Quilombo Muquém.

Conheça parte deste valioso trabalho no perfil do Museu Muquém no Facebook: https://www.facebook.com/MuseuMuquem/.

Por Carlizeth Campos, Assistente em Administração do Mauc.

05.08.2020