Português

2020.11 – Museu inaugurado em 2005 nasceu da paixão de um francês pelo seu hobby preferido: fotografar!

Fotografia de divulgação do Espaço Pierre Verger da Fotografia Baiana, na parte inferior da imagem temos um faixa preta com os dizeres "#ficaadica" e "foto: diariodesalvador.com", na parte superior direita da imagem se encontra a logo do MAUC, ao fundo uma parede de madeira com a seguinte frase entalhada "Espaço Pierre Verger da Fotografia Baiana" abaixo da frase se encontra diversas fotografias dispostas em quadros de tamanhos diferentes.

Espaço Pierre Verger da Fotografia Baiana (foto: diariodesalvador.com)

Se você é do tipo que ama fotografar, sabe que basta um clique e muita inspiração para registrar momentos incríveis! Foi desta paixão pela fotografia que surgiu o Espaço Pierre Verger da Fotografia Baiana. Vamos conhecer sua história?

Tudo começou em 1930, quando o francês Pierre Verger decidiu percorrer o mundo com sua câmera fotográfica em busca de um novo rumo para a sua vida.

Órfão de pai e mãe e sem nenhum parente que o prendesse em Paris, embarcou em uma aventura solitária, desbravando países de cinco continentes para conhecer as raízes históricas do povo africano, cujo primeiro contato se deu na França.

Em agosto de 1946, Pierre chega ao Brasil, aportando em Salvador. Apaixonado pela cultura do local e pela hospitalidade do povo baiano, Pierre faz de Salvador seu novo lar.

Instigado pela curiosidade, dedica-se de corpo e alma ao estudo etnológico do povo que o adotou.

Em 1948, Pierre parte novamente para a África. Lá, realiza pesquisas mais aprofundadas sobre as raízes africanas que deram origem à cultura afro-brasileira. Muitas de suas descobertas foram registradas em livros de sua própria autoria.

Em 1988, Pierre decide fazer de sua casa a sede da Fundação Pierre Verger, que passa a abrigar seu rico acervo fotográfico, fruto de mais de 50 anos de pesquisas sobre a cultura do povo baiano. Em 2005 é inaugurado nas dependências da Fundação Pierre Verger o Espaço Pierre Verger da Fotografia Baiana. Neste novo ambiente são realizadas atividades artísticas e culturais para um público bem diversificado, constituindo-se em um espaço de promoção de múltiplos saberes em Salvador.

Mais informações sobre este valioso trabalho você encontrará no perfil da Instituição no Instagram.
Acesse: https://www.instagram.com/espacopierrevergerdaftobaiana

Por Carlizeth Campos, Assistente em Administração do MAUC.
04.11.2020