Área do cabeçalho
gov.br

Este sítio foi reprojetado para melhor atendê-lo. Acesse já pelo celular e veja mais essa novidade

Portal da UFC Acesso a informação da UFC Ouvidoria Conteúdo disponível em: Português

Universidade Federal do Ceará
Museu de Arte da UFC – M A U C

Área do conteúdo

5ª Edição do Férias no Mauc – Programação

Data de publicação: 7 de julho de 2021. Categoria: Sem categoria

O Museu de Arte da UFC (Mauc) promove a 5ª edição do projeto Férias no Mauc: arte e museu para todos os públicos, entre os meses de julho e agosto de 2021, integrando a programação celebrativa aos 60 anos do Mauc.

Peça Gráfica com fundo azul. Centralizada na parte de cima tem o logo do “Férias no Mauc 5º Edição”, uma forma amarela com a palavra “Férias” em laranja e “Mauc” em azul. Logo abaixo, em amarelo, está escrito “Julho e Agosto”. No meio da peça, numa faixa azul escuro, estão centralizadas as palavras em rosa e laranja: Minicursos, Visitas, Oficinas, Intervenções artísticas, Palestras, Workshops e Lives. Abaixo da faixa azul escuro estão, em amarelo, as frases: “Gratuito e aberto a todos os públicos”, “Programação completa em mauc.ufc.br” No fundo da imagem estão os logos, em preto, do Núcleo Educativo do Mauc, dos 60 anos do Mauc e da Universidade Federal do Ceará

5ª Edição do Férias no Mauc

A programação é aberta a todos os públicos e inclui mais de trinta ações entre intervenções artísticas, oficinas, minicursos, palestras, lives e workshops. Construído colaborativamente, o Férias no Mauc acontece a partir das contribuições de artistas, pesquisadores(as), professoras(es), educadores(as), coletivos, instituições e demais pessoas interessadas em participar da construção de um museu cada vez mais plural, inclusivo e democrático.

Devido à pandemia do novo coronavírus, todas as ações serão inteiramente online. O projeto conta com o apoio do Grupo de Pesquisa em Informação e Comunicação (GRUPIC), da Universidade Federal do Amazonas (UFAM).

 

Veja abaixo todas as atividades deste 5ª Férias no Mauc e faça sua inscrição ou compartilhe com quem você acredite que se interesse.

Sejam todas, todos e todes bem vindos!

Programação

– Intervenções artísticas 

Histórias de Princesas Negras
Ministrante: Lia Braga
Data: 30/07 | Horário: 17:00 às 18:30 horas
Metodologia: Transmissão ao vivo através do Youtube do Mauc | Carga horária: 1h30min | Certificado através de Lista de Presença – Sem necessidade de inscrição prévia
Número de vagas: Livre
Faixa etária: Livre
Ementa: Vamos conhecer lindas meninas e princesas negras do povo africano Yorubá e que carregam consigo poderosos elementos da natureza. Oduduá é como a terra, além de rápida e determinada. Oxum é como a água doce, além de vaidosa e misteriosa. Iansã é como o vento, além de intensa e livre. Em suas aventuras, nos ensinam que seus desejos, mistérios e segredos são valiosos e devem ser respeitados. Elas são Orixás, protetoras, guerreiras da natureza e muitos são os seus encantos!
A artista, educadora e pesquisadora Lia Braga (Fortaleza/CE), convida a criançada e os adultos, a conhecerem esses universos mágicos, com afronarração de histórias que entrelaçam teatralidade, a partir do uso de bonecas (os) negras (os), e alguns elementos de música e dança. As histórias foram adaptadas a partir do livro OMO-OBA: Histórias de Princesas (Mazza Edições, 2009), de autoria de Kiusam de Oliveira e ilustrações de Josias Marinho.
Sobre a ministrante: Lia Braga é artista, educadora e pesquisadora das Artes, da Educação e das Infâncias. Atriz, dançarina, contadora de histórias – foco em afronarração de histórias de Orixás -. Licenciada em Teatro pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará/IFCE. Mestra em Artes Cênicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte/UFRN. Autora do livro “Onde o Corpo é Jogo: Uma Mediação Lúdica na Educação Infantil” (2017). Diretora e intérprete-criadora do espetáculo infantil “Axé Odara: O Encanto de Orixás”. Criadora do canal no YouTube Lia e os Erês com teatro, dança e música para crianças.

 

– Lives

Lançamento do Caderno de Colorir – Mauc 60 anos
Participantes: Francisco Bandeira, Karla Lopes e Thiago Nogueira
Mediação: Graciele Siqueira
Data: 12/07 | Horário: 14:00 às 15:00 horas
Metodologia: Transmissão ao vivo através do Youtube do Mauc | Carga horária: 1 hora | Certificado através de Lista de Presença – Sem necessidade de inscrição prévia
Link da transmissão: https://www.youtube.com/watch?v=Oj6EAr3SEDY&t=6s
Número de vagas: Livre
Carga horária: 1 hora
Faixa etária: Livre
Ementa: Essa quarta edição do “Mauc para Colorir”, comemorativa dos 60 anos do Museu de Arte da UFC, traz ilustrações e atividades inspiradas nos artistas fundadores deste museu, aqui apresentadas por Francisco Bandeira, artista e arte-educador do Mauc. As atividades propostas nesta quarta edição do caderno de colorir, além de propiciar o bem-estar de todos e nos ajudar a melhor vivenciar e nos conectar com nossas emoções, estimulam o desenvolvimento cognitivo e ampliam habilidades de percepção visual, coordenação motora, memória e concentração, de forma lúdica e descontraída. Aproveitem mais essa edição do “Mauc para Colorir” e que em breve possamos, todos juntos, celebrar os 60 anos de existência do Museu de Arte da UFC!
Sobre a(os) convidados(as):
Francisco Antônio Araújo Bandeira – Nascido em Fortaleza (1963), é servidor técnico-administrativo lotado no Museu de Arte da Universidade Federal do Ceará e responsável pela Oficina de Gravura Mestre Noza. Gravador, pintor, fotógrafo, arte-educador e jornalista, Francisco possui graduação em Pedagogia e pós-graduação em Arte-Educação. Estudou gravura com Carlos Martins, Nauer Spíndola e Mariana Quito e foi professor de fotografia na Faculdade Nordeste (FANOR), além de ter ministrado cursos de gravura na Universidade de Fortaleza (UNIFOR) e em outras instituições. Em 1997, representou o Brasil na 22a International Biennial of Graphic Art de Ljubljana na Eslovênia. Atualmente, integra o Grupo MATRIX (Fortaleza) e o Grupo Ita-Quatiara (Recife) e suas obras fazem parte dos acervos do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (Fortaleza), Museu da Gravura (Curitiba), Fundação Joaquim Nabuco (Recife).
Karla Karoline Vieira Lopes – Mestre em Educação Brasileira pela Universidade Federal do Ceará (2013). Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal do Ceará (2004). Foi professora da Educação Infantil e do Ensino Fundamental, nas Prefeituras de Fortaleza e de Caucaia, entre os anos de 2005 a 2010. Trabalhou na Coordenadoria de Projetos e Acompanhamento Curricular, da Pró-Reitoria de Graduação da UFC de 2010 a 2014. De 2015 a 2020 trabalhou na Coordenadoria de Concursos da UFC e atualmente está lotada no Museu de Arte da UFC. Desde 2018 participa do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação e Ludicidade – GEPEL, da Faculdade de Educação da UFC.
Thiago Nogueira de Freitas – Contramestre em artes gráficas do Museu de Arte da UFC. Responsável pela diagramação, criação de peças gráficas e das publicações editoriais do Mauc.

Cecília Bichucher e Túlio Paracampos no Mauc: abertura de exposições 
Participantes: Cecília Bichucher, Graciele Siqueira, Nathalie Nicolas, Nícia Bormann e Túlio Paracampos
Mediação: Saulo Moreno Rocha
Data: 14/07 | Horário: 15:00 às 17:00 horas
Metodologia: Transmissão ao vivo através do Youtube do Mauc | Carga horária: 2 horas | Certificado através de Lista de Presença – Sem necessidade de inscrição prévia
Link da transmissão: https://www.youtube.com/watch?v=PeY8rq9Kfvg
Número de vagas: Livre
Carga horária: 2 horas
Faixa etária: Livre
Ementa: Live de abertura das exposições “Câmara Perphiry”, individual da artista Cecília Bichucher, com curadoria de Nícia Bormann, e “Adsumus: estado.condição”, individual do artista Túlio Paracampos, com curadoria de Nathalie Nicolas.
Sobre as(os) participantes:
Cecília Bichucher – Artista Visual, nascida em São Paulo, é bacharel em Artes Plásticas, com especialização em pintura pela Parsons School of Design – Nova York (1985 a 1989) e Licenciatura em Artes Plásticas (1986 a 1989) no Bank Street College. Em Fortaleza desde 89 onde vive; cria filhos e raízes, trabalha e expõe. Explora várias técnicas, como Aquarela, Colagem, Gravura e Bordado e desenvolve uma temática poética tanto pela imagem como pelas palavras.
Graciele Siqueira – Museóloga e Diretora do Museu de Arte da UFC. Mestre em Museologia e Patrimônio (UniRio) em parceria com o Museu de Astronomia e Ciências Afins – Mast. Graduada em museologia (UniRio). Especialista em Gestão Cultural UVA.
Nathalie Nicolas – Curadora e artista francesa, vive em Berlim e no Brasil, estudou na Escola de Belas Artes em Paris e na Akademie für Malerei em Berlim. Como curadora já realizou exposições na França, na Alemanha e no Brasil. Atualmente faz parte da curadoria de Projetos Artísticos para o I.V.J (Instituto Vale Jaguaribe) em Aracati, Ceará.
Nícia Bormann – Arquiteta e artista, nascida no Rio de Janeiro, é bacharel em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Atuou como professora do curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Ceará de 1966 a 1980. Em 1981, ingressou como docente da Universidade de Brasília, dedicando-se também às artes plásticas.
Tulio Paracampos – Designer pelo Instituto Dragão do Mar de Arte e Cultura (2003). Artista visual: pintor, gravador, escultor e ceramista, 21 anos de trajetória.

Design por Mulheres 2020/21
Participantes: Graciele Siqueira, Luciana Eloy e Tania Vasconcelos
Mediação: Saulo Moreno Rocha
Data: 15/07 | Horário: 10:00 horas às 11:00 horas
Metodologia: Transmissão ao vivo através do Youtube do Mauc | Carga horária: 1 hora | Certificado através de Lista de Presença – Sem necessidade de inscrição prévia
Link da transmissão: https://www.youtube.com/watch?v=xlcKOBltq9I
Número de vagas: Livre
Carga horária: 1 hora
Faixa etária: Livre
Ementa: A exposição Design por Mulheres 2020 foi aberta ao público em março de 2020. Com a pandemia, foi fechada e agora será reaberta à visitação. A mostra resulta do Projeto de Extensão Universitária do curso de Design da Universidade Federal do Ceará realizado por alunas do curso de Design e do curso de Arquitetura e Urbanismo da UFC, movidas pela vontade de investigar e dar visibilidade ao papel da mulher no Design brasileiro. Desde 2018, o projeto vem abrindo espaço para o debate sobre a atuação da mulher no Design e produzindo um estudo documental, não apenas mapeando essas profissionais, mas revelando projetos inovadores que contribuem para a formação efetiva do campo do Design no Brasil.
Sobre as participantes:
Graciele Siqueira – Museóloga e Diretora do Museu de Arte da UFC. Mestre em Museologia e Patrimônio (UniRio) em parceria com o Museu de Astronomia e Ciências Afins – Mast. Graduada em museologia (UniRio). Especialista em Gestão Cultural UVA.
Luciana Eloy – Professora, pesquisadora e curadora independente em Artes e Design. Bacharel em Artes Visuais pela Universidade de Fortaleza – Unifor e Mestre em Artes pelo Instituto de Cultura e Arte da UFC – ICA. A pesquisa se desenvolve na interação entre os campos da Arte e Design investigados em uma perspectiva processual. Desde 2014 é professora nos Grupos de Estudos da Multiarte, curadora do Projeto Design por Mulheres da UFC, idealizadora e curadora do site www.popularartebrasil.com.br.
Tania Vasconcelos – Graduada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Ceará, Mestre e Doutora em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo, área: Design e Arquitetura. É autora do livro “A Arte Pública de Fortaleza”. E como docente universitária realiza suas atividades desde 1999. Atualmente é professora adjunta e pesquisadora da Universidade Federal do Ceará, lotada no Departamento de Arquitetura e Urbanismo e Design do Centro de Tecnologia. Realiza pesquisas em torno de temas relacionados com Arquitetura, Arte Urbana e Design; e coordena o Projeto Design por Mulheres vinculado ao curso de Design desde 2017.

– Minicursos

Introdução à Plataforma Lattes
Ministrantes: Larisse Macêdo de Almeida e Saulo Moreno Rocha
Data: 22 e 23/07 | Horário: 14:00 às 16:00 horas
Metodologia: Aulas síncronas através do Google Meet | Carga horária: 4 horas
Número de vagas: 40
Faixa etária: A partir de 15 anos
Ementa: A Plataforma Lattes, desenvolvida pelo CNPq, foi criada com o objetivo de reunir em um formulário padrão o registro dos currículos dos pesquisadores brasileiros e disponibilizar em um único sistema de informação. Atualmente o Currículo Lattes é utilizado pelas principais universidades, institutos, centros de pesquisa e fundações de amparo à pesquisa dos estados como instrumento para a avaliação de pesquisadores, professores e alunos. Por sua riqueza de informações e sua crescente confiabilidade e abrangência, tornou-se elemento indispensável à análise de competências ligadas à formação e experiência profissional e acadêmica, necessárias aos financiamentos na área de ciência e tecnologia. Assim, o minicurso pretende dar ênfase em conceitos básicos e manuseio da plataforma visando promover e estimular a pesquisa e o ingresso no mundo das ciências.
Sobre a(o) ministrante:
Larisse Macêdo de Almeida – Bibliotecária formada pela Universidade Federal do Ceará (2013), pós-graduada em Pesquisa Científica pela Universidade Estadual do Ceará (2016), mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federal do Ceará (2019). Atualmente exerce o cargo de Bibliotecário-Documentalista no Sistema de Bibliotecas da Universidade Federal do Ceará, responsável pelo gerenciamento da Biblioteca Floriano Teixeira do Museu de Arte da UFC.
Saulo Moreno Rocha – Bacharel em Museologia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Mestre em Museologia e Patrimônio pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) e Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST). Atualmente exerce o cargo de museólogo no Museu de Arte da UFC (Mauc), responsável pelo Núcleo Educativo.
Inscrições: https://forms.gle/G3ZY2SUSyRLi31i27

Fotografia lambe-lambe. A câmera Viajante e o retrato popular
Ministrante: Tiago Pedro
Data: 03 e 04/08 | Horário: 14:00 às 17 horas
Metodologia: Aulas síncronas através do Google Meet | Carga horária: 6 horas
Número de vagas: 20
Faixa etária: Livre
Ementa: Partindo da história da fotografia, analisaremos o fenômeno da fotografia lambe-lambe no nordeste brasileiro e no mundo. Esse modo de fazer imagens era mais barato e portanto mais popular, ficava em praças ou ia de encontro a seu cliente. O que ele pode nos trazer a entender o papel da fotografia nas relações humanas? Entenderemos aspectos técnicos do aparato, como funciona e como produz fotografias. Discutiremos aspectos teóricos dessa maneira de fazer e pensar imagens, o que esses aparatos de antigamente podem nos dar nos dias de hoje?
Sobre o ministrante: Tiago Pedro é realizador formado pela premiada EICTV – Escola Internacional de Cine y TV – CUBA, onde teve classes com diretores renomados como Abbas Kerostami, Ford Copolla, Naomi Kawase, Herzog, Cao Guimaraes, dentre outros. Experimentando e investigando processos de ensaio fílmico com uso de aparatos analógicos (Super 8, 16mm, 35mm) tem dado classes e workshop de documentário que utilizam esses métodos como forma de expressão e tradução de mundo e do EU. Ganhador de diversos fundos, entre eles o nacional Rumus Itaul (2013 – O centro invisível, ensaio sobre Fortaleza) começou sua carreira em 2008 com um curta documentário para a TV Brasil. Em 2020, sua Tesis de documentário, A Primeira Foto, estreou no Festival É Tudo Verdade, ganhando o prêmio de aquisição do Canal Brasil.
Inscrições: https://forms.gle/9hD7Lv36iECUGU7u5

Arte, cultura e processos de criação
Ministrante: George Lucas
Data: 16 a 20/08
Metodologia: Vídeos publicados no Youtube do Mauc, todos os dias, às 08:00 horas. Debate e exercícios através de grupo de WhatsApp | Carga horária: 10 horas
Número de vagas: 20
Faixa etária: A partir de 16 anos
Ementa: O curso propõe a percepção da produção de imagens das micro narrativas culturais para se pensar em Arte, cultura e entender os espaços para criação e fruição da arte, compreendendo o seu próprio lugar e se utilizando das imagens que lhes compõem enquanto sujeitos para os processos de criação artística. Os vídeos do Minicurso serão postados às 08:00 horas no canal do Mauc no Youtube e as(os) inscritos(as) irão dialogar e enviar os exercícios através de um grupo de WhatsApp.
Sobre o ministrante: George Lucas é graduando em Artes Visuais pela Universidade Regional do Cariri – URCA. Atuou como bolsista do Programa de Iniciação à Docência-PIBID, nos anos de 2014-2017, ministrando oficinas de vídeo, animação, desenho e cinema. Bolsista do programa Residência Pedagógica entre os anos de 2019- 2020. Ministrou o minicurso “Dissecções entre arte, cultura e criação”, pelo projeto Janelas Formativas, em 2021. Em 2020, participou da exposição coletiva “Curanderias e ebulições em tempos de crise”, projeto lançado pela Universidade Regional do Cariri – URCA. Produz trabalhos dentro das linguagens do desenho, pintura, video art.
Inscrições: https://forms.gle/q5jKfqqakrTPcFax8

 

– Oficinas

Desenho: autorretrato e o encontro com minhas vozes interiores
Ministrante: George Lucas
Data: 12, 14 e 16/07 | Horário: 08:30 às 10:30 horas
Metodologia: Encontros síncronos através do Google Meet | Carga horária: 6 horas
Faixa etária: A partir de 16 anos
Ementa: A oficina tem como proposta a elaboração de atividades nas quais os inscritos possam primeiramente ter contato com o desenho, suas formas, elementos básicos em sua construção visual, como se apresenta na história da arte, materiais e maneiras de estruturação, para em seguida compreender o desenho como linguagem. Nesse ponto o recorte adotado será a construção do autorretrato, pois deste modo além da construção de uma oficina artística, e da oportunidade do conhecimento de processos de criação, teremos um mergulho interior de autoconhecimento, pois por conta da atual situação é necessário dar voz, materializar os sentimentos em algo, pois os transformando temos uma nova oportunidade de reflexão. E sobretudo para ver o ambiente ao qual estamos Isolados como oportunidade da construção de uma experiência estética oportunizando novos modos de ver, o ambiente e a si mesmo.
Materiais necessários (de responsabilidade do participante): -Lápis para desenho: 2B, 6B, 8B;
-Borracha;
-Estilete;
-Uma resma de folha A4, gramatura indicada : 40g ou 60g (opcional) (50 folhas no máximo);
– Lápis de cor;
– Caneta Esferográfica da cor preta, e azul;
– Carvão Vegetal (opcional)
Sobre o ministrante: Graduando em Artes Visuais pela Universidade Regional do Cariri – URCA. Atuou como bolsista do Programa de Iniciação à Docência-PIBID, nos anos de 2014-2017, ministrando oficinas de vídeo, animação, desenho e cinema. Bolsista do programa Residência Pedagógica entre os anos de 2019- 2020. Ministrou o minicurso “Dissecções entre arte, cultura e criação”, pelo projeto Janelas Formativas, em 2021. Em 2020, participou da exposição coletiva “Curanderias e ebulições em tempos de crise”, projeto lançado pela Universidade Regional do Cariri – URCA. Produz trabalhos dentro das linguagens do desenho, pintura, video art.
Inscrições: https://forms.gle/j4Hs4BV6dKptuUGF9

Oficina de Boneca Abayomi
Ministrante: Rebeca Eloi
Data: 15/07 | Horário: 14:00 às 15:00 horas
Metodologia: Encontro síncrono através do Google Meet | Carga horária: 1 hora
Número de vagas: 20
Faixa etária: A partir de 15 anos
Ementa: A oficina tem como objetivo apresentar a boneca Abayomi e sua história, ensinar algumas técnicas para sua construção e fazer com que os participantes reflitam sobre seu significado de afeto e resgate da cultura africana.
Materiais necessários (de responsabilidade do participante): – Retalho de tecido de cor preta ou tons de marrom;
– Retalhos de tecidos estampados com padronagens étnicas ou variadas;
– Tesoura para tecido;
Material opcional:
– Barbante, fitas ou cordões finos
Sobre a ministrante: Rebeca Eloi é estudante do curso de Design-Moda – UFC e bolsista no Núcleo Educativo do Mauc. Experimenta moda e arte entre técnicas artísticas e artesanais como costura, macramê e bordado, estamparia artesanal com stencil e carimbo, desenho, pintura, entre outros.
Inscrições: https://forms.gle/HmwqREkkgznbFxRh9

Oficina de Colagem: Reinventando possibilidades imaginativas – 1ª Edição
Ministrante: Luara Cândido
Data: 15/07 | Horário: 18:15 às 19:15 horas
Metodologia: Encontro síncrono através do Google Meet | Carga horária: 1 hora
Número de vagas: 20
Carga horária: 1 hora
Faixa etária: Livre
Ementa: A oficina de colagem tem o objetivo de apresentar a(o) participante à técnica de colagem, incentivando a criação de obras artísticas a partir de seu uso.
Materiais necessários (de responsabilidade do participante): Papel, revistas e livros (ou qualquer outra fonte de imagens), tesoura/estilete e cola.
Materiais opcionais: Lápis, lápis de cor e tinta.
Sobre a ministrante: Luara Cândido – Estudante do 7° semestre de Pedagogia na UFC, escritora, poeta e colagista. Bolsista Arte do Laboratório de Práticas Experimentais em Arte e Educação Museal do Mauc (LAPEArte) – Programa de Promoção da Cultura Artística (PPCA/Secult-Arte).
Inscrições: https://forms.gle/eoQ39EN2i46QvS5Y6

Autorretrato Poético – As mulheres e seus arquétipos
Ministrante: Raisa Cavalcante
Data: 17/07 | Horário: 09:00 às 12:00 horas
Metodologia: Encontro síncrono através do Google Meet | Carga horária: 3 horas
Número de vagas: 20
Faixa etária: Pessoas a partir de 16 anos
Ementa: A oficina busca, através de exercícios práticos, potencializar o ato da experimentação enquanto impulso criativo da vida e da arte. Criar a partir de si, criar em si e criar para si. Durante a vivência virtual o ritmo será composto por teoria e prática, onde investigaremos o autorretrato a partir da perspectiva literária do poema de Cora Coralina Todas as vidas, e da visualidade de algumas obras das artistas: Frida Kahlo, Tarsila do Amaral, Djanira da Motta, Maria Auxiliadora, Louise Bourgeois, Jacqueline Hoofendy e Rosa Luz, mulheres atuantes na arte moderna e contemporânea nacional e mundial.
Realizaremos 3 exercícios criativos com lápis e papel (ou material de preferência do participante) onde busca-se inserir os participantes em uma atmosfera poética e viva do presente através da construção do seu próprio autorretrato, atentando-se para as múltiplas identidades que compõem o ser mulher e o ser artista. Refletiremos sobre como o autorretrato muda conforme o tempo, o gesto, o ato e a linha, esse elemento visual cheio de pontos.
Materiais necessários (de responsabilidade do participante): 3 folhas de papel sulfite e um lápis ou outro objeto de desenho.
Sobre a ministrante: Raisa Cavalcante, 33 anos, artista visual e arte-educadora em (trans)formação, vive e trabalha em Goiás -GO. Nas Artes Visuais desenvolve principalmente a linguagem contemporânea da imagem como a performance, a fotografia e a ressignificação de objetos. Filha da Serra Dourada e neta simbólica de Cora Coralina, trabalha com a pérola barroca, jóia de água doce, paradoxo da forma perfeita em seus desdobramentos. Estuda o feminino nos corpos e símbolos, correndo com lobos e arrancando espinhos. Como arte-educadora em transformação, busca na patrimonialização lúdica da memória, algum sentido para a narrativa social revisitada, reinventada e poetizada.
Inscrições: https://forms.gle/GgWdXBiqvXvUowNWA

Oficina de Colagem: Reinventando possibilidades imaginativas – 2ª Edição
Ministrante: Luara Cândido
Data: 19/07 | Horário: 09:00 às 10:00 horas
Metodologia: Encontro síncrono através do Google Meet | Carga horária: 1 hora
Número de vagas: 20
Faixa etária: Livre
Ementa: A oficina de colagem tem o objetivo de apresentar a(o) participante à técnica de colagem, incentivando a criação de obras artísticas a partir de seu uso.
Materiais necessários (de responsabilidade do participante): Papel, revistas e livros (ou qualquer outra fonte de imagens), tesoura/estilete e cola.
Materiais opcionais: Lápis, lápis de cor e tinta.
Sobre a ministrante: Luara Cândido – Estudante do 7° semestre de Pedagogia na UFC, escritora, poeta e colagista. Bolsista Arte do Laboratório de Práticas Experimentais em Arte e Educação Museal do Mauc (LAPEArte) – Programa de Promoção da Cultura Artística (PPCA/Secult-Arte).
Inscrições: https://forms.gle/3YveCZgf9XrUP5aV9

Colagem digital: técnica com o Canva – 1ª Edição
Ministrante: Ricardo Vieira
Nova Data: 11/08 | Horário: 18:30 às 20:00 horas
Metodologia: Encontro síncrono através do Google Meet | Carga horária: 1h30
Número de vagas: 40
Carga horária: 01h 30m
Faixa etária: Livre
Ementa: A oficina de colagem digital busca mostrar os princípios básicos de sua montagem, bem como a escolha dos elementos dispostos. Além disso, vamos colocar em prática a teoria estudada, para instigar os participantes a produzir sua própria colagem digital.
Materiais necessários: Ferramenta online Canva.
Sobre o ministrante: Ricardo Vieira é estudante de Design-Moda na UFC. Bolsista Inovação (PIBI), vinculado ao projeto “Núcleo Educativo do Mauc: práticas educativas e inovação social”, fomentado pela PROPLAD/PROINTER.
Inscrições: https://forms.gle/rTjxDkvfXWBuAq8AA

Oficina Canva: criando slides poderosos – 1ª Edição
Ministrante: Ricardo Vieira
Nova Data: 09/08 | Horário: 18:30 às 20:00 horas
Metodologia: Encontro síncrono através do Google Meet | Carga horária: 1h30
Número de vagas: 40
Faixa etária: Livre
Ementa: A oficina de slides tem como objetivo principal apresentar ferramentas e funcionalidades do canva online, utilizando-se de exemplos e aplicações rápidas. Além disso, vamos instigar os participantes a produzir a sua apresentação, mostrando segredos e dicas para uma apresentação de slides prática e eficiente.
Materiais necessários: Ferramenta online Canva ou Power Point
Sobre o ministrante: Ricardo Vieira é estudante de Design-Moda na UFC. Bolsista Inovação (PIBI), vinculado ao projeto “Núcleo Educativo do Mauc: práticas educativas e inovação social”, fomentado pela PROPLAD/PROINTER
Inscrições: https://forms.gle/KdK3ufK5NVo32ab66

Escrita Criativa: como escrever um conto?
Ministrantes: Aryanna Amorim e Larisse Macêdo
Data: 27 e 29/07 | Horário: 18:30 às 20:30 horas
Metodologia: Encontros síncronos através do Google Meet | Carga horária: 4 horas
Número de vagas: 15
Faixa etária: A partir de 15 anos
Ementa: Nesta oficina convidamos o público a mergulhar na arte literária a partir da compreensão da escrita literária como possibilidade de recriação do mundo. Articulando a leitura e a escrita literária, propomos apresentar os elementos necessários para a escrita de textos narrativos, estimulando a criatividade e o desenvolvimento de expressões artísticas através da construção de contos.
Sobre as ministrantes:
Aryanna da Costa Amorim – Graduada em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Mestre em História pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Escritora e atualmente exerce o cargo de bibliotecária na Faculdade Rodolfo Teófilo.
Larisse Macêdo de Almeida – Graduada em Biblioteconomia e Mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Especialista em Pesquisa Científica pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Bibliotecária e gestora da Biblioteca Floriano Teixeira do Museu de Arte da UFC.
Inscrições: https://forms.gle/YkBWBtBySNgPhTKh8

Oficina de Isogravura: relendo Abrãao Batista – 1ª Edição
Ministrante: Melissa Prates
Data: 28/07 | Horário: 10:00 às 11:00 horas
Metodologia: Encontro síncrono através do Google Meet | Carga horária: 1 hora
Número de vagas: 15
Faixa etária: Livre
Ementa: Essa oficina pretende iniciar os participantes em técnicas de gravura utilizando isopor como matriz e simultaneamente explorar mais as xilogravuras de Abraão Batista. Utilizaremos elementos presentes nas obras do artista para desenvolver uma isogravura, assim será usada uma folha de isopor como “carimbo” transferindo a criação para o papel ou outra superfície adequada.
Materiais necessários (de responsabilidade do participante): Bandeja de isopor (de queijo, marmita, etc); Esponja ou Pincel; Lápis; Tinta (guache, acrílica, óleo); Papel.
Sobre a ministrante: Melissa Prates (Melzier) – Estudante de Design do 3º período na UFC, pintora de tinta óleo e atual bolsista no Núcleo educativo Mauc, vinculada ao projeto “Museu de Arte: Uma nova recepção estética”, com atuação no Laboratório de Práticas Experimentais em Arte e Educação Museal (LAPEArte/Mauc).
Inscrições: https://forms.gle/NLjzPZMxG79MZn236

Edição de vídeo para principiantes
Ministrante: Gustavo Cardoso
Data: 28 e 29/07 | Horário: 14:00 às 16:30 horas
Metodologia: Encontros síncronos através do Google Meet | Carga horária: 5 horas
Número de vagas: 15
Faixa etária: A partir de 10 anos
Ementa: Conhecer a interface do programa e o workspace; importar mídia para o projeto; trabalhar na timeline; aplicar efeitos e transições; inserir e editar texto (lettering); exportar projeto.
Materiais necessários (de responsabilidade do participante): Ter o programa de edição instalado em um computador com uma quantidade de memória disponível para processamento. Antes do início da oficina, será disponibilizado um tutorial para as/os inscritos com o passo a passo da instalação do programa.
Sobre o ministrante: Estudante de Cinema e Audiovisual na UFC, já editou vários vídeos no programa e atualmente é bolsista do Laboratório de Audiovisual do Mauc (projeto fomentado pela Secretaria de Cultura Artística da UFC).
Inscrições: https://forms.gle/GFWTTobmbJED4syK7

Oficina de Isogravura: relendo Abrãao Batista – 2ª Edição
Ministrante: Melissa Prates
Data: 02/08 | Horário: 18:30 às 19:30 horas
Metodologia: Encontro síncrono através do Google Meet | Carga horária: 1 hora
Número de vagas: 15
Faixa etária: Livre
Ementa: Essa oficina pretende iniciar os participantes em técnicas de gravura utilizando isopor como matriz e simultaneamente explorar mais as xilogravuras de Abraão Batista. Utilizaremos elementos presentes nas obras do artista para desenvolver uma isogravura, assim será usada uma folha de isopor como “carimbo” transferindo a criação para o papel ou outra superfície adequada.
Materiais necessários (de responsabilidade do participante): Bandeja de isopor (de queijo, marmita, etc); Esponja ou Pincel; Lápis; Tinta (guache, acrílica, óleo); Papel.
Sobre a ministrante: Melissa Prates (Melzier) – Estudante de Design do 3º período na UFC, pintora de tinta óleo e atual bolsista no Núcleo educativo Mauc, vinculada ao projeto “Museu de Arte: Uma nova recepção estética”, com atuação no Laboratório de Práticas Experimentais em Arte e Educação Museal (LAPEArte/Mauc).
Inscrições: https://forms.gle/NfN1nqAiZ69zeyaj9

Desenho de Figurino para Vilões: Criando e Analisando Concept Arts para Este tipo de Personagem
Ministrante: Sophie Teles
Data: 04/08 | Horário: 18:30 às 21:30 horas
Metodologia: Encontro síncrono através do Google Meet | Carga horária: 3 horas
Número de vagas: 50
Faixa etária: Acima de 16 anos
Ementa: Nesta oficina vamos abordar diferentes tipos de vilões com base no sistema de alinhamento utilizados em RPG e analisar as relações dos comportamentos dos vilões com suas roupas para a produção de figurinos
Materiais necessários: Papel e Caneta
Sobre a ministrante: Sophie Teles é estudante do curso Design – Moda na UFC, bolsista do Bolsa Arte – Moda UFC, entusiasta de RPG há anos e nerd de carteirinha
Inscrições: https://forms.gle/DXyQvzRz1VErBjGn6

Brincando com orixás para crianças e adultos
Ministrante: Lia Braga
Data: 06/08 | Horário: 17:00 às 18:30 horas
Metodologia: Encontro síncrono através do Google Meet | Carga horária: 1h30
Número de vagas: 20
Faixa etária: Livre – atividade voltada para crianças de 4 a 12 anos, acompanhadas de seus responsáveis
Ementa: Vamos brincar com figuras da ancestralidade africana! Ibeji ou Ibejis é um deus/orixá africano representado por duas crianças. Irmãos gêmeos negros, belos, corajosos e brincalhões. Eles, de tão espertos e espirituosos, até conseguiram enganar Icu, a morte, com um fiel e especial amigo. Querem descobrir como eles conseguiram?! Através do seu universo lúdico, mágico e rico vamos embarcar em um encontro permeado pelo encantamento desses dois irmãos, com afronarração de histórias e jogos/brincadeiras corporais, com música, teatro, corporeidades brincantes e dançantes das crianças e dos adultos também. Após a apresentação da ministrante, haverá um diálogo entre as(os) participantes!

A artista, educadora e pesquisadora Lia Braga (Fortaleza/CE), convida a(os) interessadas(os/es) a encantaram-se com esse universo. A afronarração de histórias “Os gêmeos brincantes numa aventura dançante!”, que abrirá a oficina foi adaptada de um mito presente no livro Mitologia de Orixás (Companhia das Letras, 2000), de autoria de Reginaldo Prandi. A proponente desenvolve essa metodologia desde 2016, na arte e educação com crianças e na oficina, trará um pouco de sua experiência também a partir de sua dissertação de mestrado em Artes Cênicas (2019/UFRN) “Performance de Corpos Brincantes: Cultura Africana e Artes Cênicas na Educação Infantil”, que envolveu um grupo de crianças do NEI/Cap/UFRN, entre 05 e 06 anos de idade.
Instruções: Solicita-se que as(os) participantes usem roupas leves, estejam de pés descalços e em um espaço para a experienciação corporal, com o mínimo possível ou nenhum móvel/objetos.
Sobre a ministrante: Lia Braga é artista, educadora e pesquisadora das Artes, da Educação e das Infâncias. Atriz, dançarina, contadora de histórias – foco em afronarração de histórias de Orixás -. Licenciada em Teatro pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará/IFCE. Mestra em Artes Cênicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte/UFRN. Autora do livro “Onde o Corpo é Jogo: Uma Mediação Lúdica na Educação Infantil” (2017). Diretora e intérprete-criadora do espetáculo infantil “Axé Odara: O Encanto de Orixás”. Criadora do canal no YouTube Lia e os Erês com teatro, dança e música para crianças.
Inscrições: https://forms.gle/T61cx1yS3AWrPaKVA 

Como digitalizar seus desenhos
Ministrante: Melissa Prates
Data: 09/08 | Horário: 08:00 horas
Metodologia: Vídeo publicado no Youtube do Mauc, às 08:00 horas. Debate e exercícios através de grupo de WhatsApp | Carga horária: 2 horas
Número de vagas: 30
Faixa etária: Livre
Ementa: A oficina tem como proposta ensinar edição de fotos voltadas para arte com programas de fácil acesso e manuseio, como lightroom e snapseed disponíveis para celular. Utilizaremos obras autorais, para o público desenvolver a digitalização das próprias artes, sendo possível de postar em redes sociais ou até mesmo imprimir em maior qualidade. O vídeo da Oficina será postado às 08:00 horas no canal do Mauc no Youtube e as(os) inscritos(as) irão dialogar e enviar os exercícios através de um grupo de WhatsApp.
Materiais necessários:
-Foto em ângulo reto de um desenho preto e branco autoral
-Foto em ângulo reto de uma pintura autoral
-Photoshop (computador), Lightroom (celular) e/ou snapseed (celular)
Sobre a ministrante: Melissa Prates (Melzier) – Estudante de Design do 3º período na UFC, pintora de tinta óleo e atual bolsista no Núcleo educativo Mauc, vinculada ao projeto “Museu de Arte: Uma nova recepção estética”, com atuação no Laboratório de Práticas Experimentais em Arte e Educação Museal (LAPEArte/Mauc).
Inscrições: https://forms.gle/BCF1NdX4VNmiEbAn8

Introdução à Estamparia de Carimbo
Ministrante: Rebeca Eloi
Data: 16 e 17/08 | Horário: 08:00 horas
Metodologia: Vídeos publicados no Youtube do Mauc, todos os dias, às 08:00 horas. Debate e exercícios através de grupo de WhatsApp | Carga horária: 3 horas
Número de vagas: 50
Carga horária: 3 horas
Faixa etária: A partir de 15 anos
Ementa: A oficina tem como objetivo introduzir os participantes em uma das técnicas de estamparia de carimbo, apresentar possibilidades acessíveis e desenvolver a criatividade na criação de padronagens e carimbos. Os vídeos da oficina serão postados às 08:00 horas no canal do Mauc no Youtube e as(os) inscritos(as) irão dialogar e enviar os exercícios através de um grupo de WhatsApp.
Materiais necessários:
– 1 folha de EVA grosso (tamanho A3 ou maior)
– 50cm de tecido algodãozinho médio/grosso
– Estilete e tesoura
– Tinta para tecido (1 ou mais cores, cuidado para não confundir tinta de pintar com tinta de tingir tecido)
– Pincéis e esponja (semelhante às de colchão ou maquiagem)
Materiais alternativos:
– EVA comum/escolar
– Tampas plásticas de tamanho médio ou pedaços de madeira
– Pedaço de tecido plano (que não estica) médio/grosso e liso (sem estampa)
Sobre a ministrante: Estudante do curso de Design-Moda – UFC e bolsista no Núcleo Educativo do Mauc. Experimenta moda e arte entre técnicas artísticas e artesanais como costura, macramê e bordado, estamparia com stencil e carimbo, desenho, pintura, entre outros.
Inscrições: https://forms.gle/4S7n1s4m8upbxpiTA

Oficina de Tintas Naturais
Ministrante: Melissa Prates
Data: 16/08
Metodologia: Vídeo publicado no Youtube do Mauc, às 08:00 horas. Debate e exercícios através de grupo de WhatsApp | Carga horária: 2 horas
Número de vagas: 30
Faixa etária: Livre
Ementa: Nesta oficina utilizaremos vários elementos naturais (alimentos, temperos e flores) para produzir tintas caseiras. Descubra o que colore na sua casa. No final o participante irá colorir um desenho da sua preferência do caderno de desenhos “MAUC para colorir”, podendo imprimir ou replicar a ilustração no papel. O vídeo da Oficina será postado às 08:00 horas no canal do Mauc no Youtube e as(os) inscritos(as) irão dialogar e enviar os exercícios através de um grupo de WhatsApp.
Link para o caderno de ilustrações 1: https://drive.google.com/file/d/1LNUCqGSW5KNnZzqBHMOFAA3Dm0-iIDd4/view
Materiais necessários:
(Todos citados aqui são possibilidades e de fácil substituição)
-Beterraba
-Couve
-Coloral
-Molho Shoyu
-Cafe
-Açafrão
-Páprica
Sobre a ministrante: Melissa Prates (Melzier) – Estudante de Design do 3º período na UFC, pintora de tinta óleo e atual bolsista no Núcleo educativo Mauc, vinculada ao projeto “Museu de Arte: Uma nova recepção estética”, com atuação no Laboratório de Práticas Experimentais em Arte e Educação Museal (LAPEArte/Mauc).
Inscrições: https://forms.gle/zhBRUvqz4yCE4ZcW9

Colagem digital: técnica com o Canva – 2ª Edição
Ministrante: Ricardo Vieira
Data: 20/08 | Horário: 14:00 às 15:30 horas
Metodologia: Encontro síncrono através do Google Meet | Carga horária: 1h30
Número de vagas: 40
Faixa etária: Livre
Ementa: A oficina de colagem digital busca mostrar os princípios básicos de sua montagem, bem como a escolha dos elementos dispostos. Além disso, vamos colocar em prática a teoria estudada, para instigar os participantes a produzir sua própria colagem digital.
Materiais necessários: Ferramenta online Canva.
Sobre o ministrante: Ricardo Vieira é estudante de Design-Moda na UFC. Bolsista Inovação (PIBI), vinculado ao projeto “Núcleo Educativo do Mauc: práticas educativas e inovação social”, fomentado pela PROPLAD/PROINTER.
Inscrições: https://forms.gle/pEEn9T92or6uiTbZ8

Oficina Técnica de Stencil
Ministrante: Rebeca Eloi
Data: 23 e 24/08
Metodologia: Vídeos publicados no Youtube do Mauc, todos os dias, às 08:00 horas. Debate e exercícios através de grupo de WhatsApp | Carga horária: 4 horas
Número de vagas: 35 pessoas
Faixa etária: A partir de 15 anos
Ementa: A oficina tem como objetivo apresentar a técnica de stencil, demonstrar seu desenvolvimento e as possíveis aplicações. Os vídeos da oficina serão postados às 08:00 horas no canal do Mauc no Youtube e as(os) inscritos(as) irão dialogar e enviar os exercícios através de um grupo de WhatsApp.
Materiais necessários:
– 30 a 50cm de acetato fino ou médio
– 1 cartolina
– Tinta guache básica/escolar (1 ou mais cores)
– Estilete
– Caneta ou lápis escuro (8B)
– Pincéis
– Superfície que possa arranhar
Materiais opcionais:
– Tesoura
– Esponja
Sobre a ministrante: Estudante do curso de Design-Moda – UFC e bolsista do Núcleo Educativo do Mauc. Experimenta moda e arte entre técnicas artísticas e artesanais como costura, macramê e bordado, estamparia com stencil e carimbo, desenho, pintura, entre outros.
Inscrições: https://forms.gle/v3y4gdDiHgd4MRiy5

Oficina Canva: criando slides poderosos – 2ª Edição
Ministrante: Ricardo Vieira
Data: 27/08 | Horário: 14:00 às 15:30 horas
Metodologia: Encontro síncrono através do Google Meet | Carga horária: 1h30
Número de vagas: 40
Faixa etária: Livre
Ementa: A oficina de slides tem como objetivo principal apresentar ferramentas e funcionalidades do canva online, utilizando-se de exemplos e aplicações rápidas. Além disso, vamos instigar os participantes a produzir a sua apresentação, mostrando segredos e dicas para uma apresentação de slides prática e eficiente.
Materiais necessários: Ferramenta online Canva ou Power Point
Sobre o ministrante: Ricardo Vieira é estudante de Design-Moda na UFC. Bolsista Inovação (PIBI), vinculado ao projeto “Núcleo Educativo do Mauc: práticas educativas e inovação social”, fomentado pela PROPLAD/PROINTER.
Inscrições: https://forms.gle/Qm4Khv1LfGWKv21h6

 

-Palestras

Projeto Ciclo Painter: pintando sobre cadeiras de rodas (Bliztkunst – Arte relâmpago) – 1ª Parte
Participantes: Antonio Rocha, Cláudio Silva, David Krebs, Edson Pinheiro, Markus Rothhaar e Vando Figueirêdo
Data: 16/07 | Horário: 15:00 às 17:00 horas
Metodologia: Transmissão através do Youtube do Mauc | Carga horária: 2 horas | Certificado através de Lista de Presença – Sem necessidade de inscrição prévia
Link da transmissão: https://www.youtube.com/watch?v=PRAkZDGfhG8
Número de vagas: Livre
Faixa etária: Livre
Ementa: A palestra abordará a obra da Fenomenologia do Espírito por dois filósofos hegelianos, a saber: prof. Dr. Markus Rothhaar (Alemanha) e Dr. Edson Pinheiro (Brasil). O primeiro abordará a Natureza e a sensibilidade da Arte ao Mal em Hegel e o segundo vai fazer um diálogo da Fenomenologia do Espírito com a Filosofia do Direito em F. Hegel. Aqui a Filosofia procura resolver um problema filosófico de como conectar a Fenomenologia do Espírito às Deficiências morais e intelectuais além das pessoas com deficiência e suas subjetividades.
E, além do contexto filosófico na perspectiva hegeliana, a palestra mergulhará na Estética da Arte com os artistas visuais cearenses: Antônio Rocha e Vando Figueirêdo, que farão uma exposição das suas carreiras de artistas e pintores e abordarão sobre sua técnica e também mencionarão suas conquistas, exposições e prêmios assim como questões de como resolver o problema da arte. A arte é um problema da Arte, do Mercado ou da Cultura?
A Live será coordenada pelo artista visual e estudante de Filosofia Claudio Silva e pelo músico alemão David Krebs.
Sobre os convidados:
Prof. Dr. Markus Rothhaar – Filósofo com mestrado na Universidade de Tübinge, com doutorado pela Universidade de Türbingen e com Estudos de filosofia, história e biologia nas universidades de Saarbrücken, Heidelberg e Tübingen. Atuando como Assistente de pesquisa para Bioética no Parlamento Europeu e Professor visitante (ética e filosofia política) da Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, Brasil. Nascido em 19.02.1968 em Dudweiler, Alemanha.
Dr. Edson Pinheiro – Professor, advogado e filósofo graduado e licenciado pela Universidade Estadual do Ceará – Uece, também, formado em Direito pela Universidade de Fortaleza – UNIFOR. Atualmente exerce a função de advogado e faz Filosofia do direito em F. Hegel na Universidade Estadual do Ceará. Natural de Fortaleza – Ceará.
Antônio Rocha – Artista Plástico (visual ) autodidata. Como podemos conferir suas participações nas mais diversas mostras no Brasil e no exterior, ganhando vários salões, onde se destacou no: II Salão Internacional Virtual das Artes Plásticas, quando obteve 2º lugar pelo júri popular, 4296 votantes de 30 países em 1999, repetindo em 2001, sendo selecionado no importante Salão Maimeri Latino Americano (entre 3.800 obras inscritas), com exposição dos classificados em São Paulo e em seguida, na Argentina. Nasceu em Itapajé /CE no ano de 1965.
Vando Figueirêdo – Artista visual, pintor, desenhista, gravador e diplomado em desenho e pintura, através do Curso ministrado por Raul De La Nuez. Licenciado pelo Instituto Superior de Arte de Havana – Cuba. Iniciando sua carreira artística no XII Salão da Universidade de Fortaleza – Unifor – Plástica. Nasceu em 1952 e é natural de Fortaleza – Ceará
Claudio Silva – Artista visual, videomaker, flautista, poeta e estudante de Psicologia e Filosofia pela Universidade Federal do Ceará – UFC na condição de Bacharel e pesquisador da Filosofia de F. Hegel. Contemplado no I Edital de Incentivos às Artes às Pessoas com Deficiências pela Secretaria de Cultura do Estado do Ceará – SECULT-Ce. Idealizador do Festival El Khuru Metal Festival #17 Edição e do Festival Música & Abstrações Urbanas #3 Edição. Produtor e Diretor do Documentário Black Metal além do Sol. Idealizador do Projeto Ciclo Painter. Nasceu no dia 13 de Maio de 1968 em Fortaleza – Ceará – Brasil.
David Krebs – professor de alemão e músico formado em música erudita pela Faculdade de Música de Colônia (Musikhochschule Köln) como percusionista para música erudita. Se formou também no Conservatório de Colônia (Rheinische Musikschule) na área de Jazz para Combo e Big-Band sob a liderança do trombonista americana Jiggs Wigham. David faz parte da Orquestra Filarmônica do Ceará e da Banda Sinfônica do Curso de Música da Universidade Estadual do Ceará. Natural de Colônia – Alemanha.

Nice, Centenária
Participantes: Lúcia Ferreira, Luiza Helena Amorim, Paula Machado e Rachel Gadelha
Data: 19/07 | Horário: 15:00 às 17:00 horas
Metodologia: Transmissão através do Youtube do Mauc | Carga horária: 2 horas | Certificado através de Lista de Presença – Sem necessidade de inscrição prévia
Número de vagas: Livre
Carga horária: 2 horas
Faixa etária: Livre
Ementa: Live celebrativa ao centenário de nascimento da artista Maria de Castro Osório, conhecida por todos como Nice Firmeza. Pintora, bordadeira, doceira e professora, Nice nasceu no dia 18 de julho de 1921, em Aracati – Ceará. Participou do movimento renovador das artes cearenses nas décadas de 1940 e 1950, integrando a Sociedade Cearense de Artes Plásticas (SCAP), momento em que conheceu o seu esposo, Nilo Firmeza, Estrigas. O casal fundou o Minimuseu Firmeza e dedicou boa parte das suas vidas às artes. Nesta live, as convidadas abordarão diferentes facetas da vida de Nice e de seu legado aos campos artístico e museológico no Ceará.

Afinal, o que é Arte Contemporânea?
Ministrante: Levi S. Porto
Data: 21/07 | Horário: 18:30 às 20:30 horas
Metodologia: Encontro síncrono através do Google Meet | Carga horária: 2 horas
Número de vagas: 60
Faixa etária: Livre
Ementa: Por que os artistas de hoje em dia fazem artes tão estranhas, com materiais tão comuns, mas que geralmente chegam aos milhões de reais nos leilões? Vamos discutir sobre o que aconteceu na história da arte, entre o modernismo e as vanguardas até os dias atuais, para entender o que nos levou até a Arte Contemporânea.
Sobre o ministrante: Levi S. Porto é escritor e pesquisador em arte, graduando de Cinema e Audiovisual na UFC. É autor do livro de poesias Chinchila (2019) e a coleção de contos Histórias pra Gente Entocada (2020).
Inscrições: https://forms.gle/y49eF9L3ARgvPLhD7

Sopa de Letrinhas: pontes entre a arte e a literatura
Ministrante: Levi S. Porto
Data: 05/08 | Horário: 18:30 às 20:30 horas
Metodologia: Encontro síncrono através do Google Meet | Carga horária: 2 horas
Número de vagas: 50
Faixa etária: Livre
Ementa: Se a palavra sempre foi um dos dispositivos possíveis para a expressão do artista, ações e investigações acerca da linguagem se intensificam a partir da virada do século com o radicalismo das vanguardas artísticas e a contracultura dos anos 60. Discutiremos pontes que se formaram entre literatura e arte, e momentos em que o verbo esteve no pensamento central de um artista (à exemplo, Yoko Ono, Marinetti, Haroldo de Campos, Joseph Kosuth, Cildo Meireles, Fabio Morais e outros).
Sobre o ministrante: Levi S. Porto é escritor e pesquisador em arte, graduando de Cinema e Audiovisual na UFC. É autor do livro de poesias Chinchila (2019) e a coleção de contos Histórias pra Gente Entocada (2020).
Inscrições: https://forms.gle/7f9eFzjnPWyGr9jE8

Aguçando os ouvidos: o som na vida e nas obras de arte
Ministrante: Levi S. Porto
Data: 12/08 | Horário: 18:30 às 20:30 horas
Metodologia: Encontro síncrono através do Google Meet | Carga horária: 2 horas
Número de vagas: 50
Faixa etária: Livre
Ementa: O som está sempre presente na nossa relação com o mundo, embora às vezes não nos demos conta. Nessa oficina, exploraremos o sonoro em nossas vidas, ajudados por pensadores como Murray Schafer e John Cage, e como os artistas trouxeram a potência do audível para suas obras (Alvin Lucier, William Basinski, Vivian Caccuri e outros).
Sobre o ministrante: Levi S. Porto é escritor e pesquisador em arte, graduando de Cinema e Audiovisual na UFC. É autor do livro de poesias Chinchila (2019) e a coleção de contos Histórias pra Gente Entocada (2020).
Inscrições: https://forms.gle/HivYPUhydGf3b3de7

Dia do Patrimônio
Palestra – Memória e Patrimonialização: o campo de Concentração do Patu e a Caminhada da Seca
Convidado: Aterlane Martins
Mediação: Saulo Moreno Rocha
Modalidade/Plataforma: Palestra/Youtube do Mauc
Data: 17/08
Horário: 15:00 horas
Número de vagas: Livre
Carga horária: 01h 30m
Faixa etária: Livre
Ementa: Os campos de concentração da seca de 1932 no Ceará são ainda uma pauta ausente ou distante da realidade escolar e do conhecimento do grande público. Este momento será um diálogo expositivo-reflexivo a partir das percepções deste pesquisador sobre estes acontecimentos históricos, centrados na experiência do campo do Patu, da devoção às Santas Almas da Barragem e da consequente Caminhada da Seca e sua atualidade na perspectiva da patrimonialização.
Sobre o palestrante: Aterlane Martins é professor do IFCE, campus de Quixadá. Coordenador de Arte e Cultura do IFCE – ProExt/CAC. Doutorando em Geografia. Historiador, licenciado e mestre em História, pesquisador do patrimônio cultural. Agente cultural nos movimentos de cultura tradicional popular. Integra a coordenação do Fórum Cearense de Cultura Tradicional Popular.

Projeto Ciclo Painter: pintando sobre cadeiras de rodas (Bliztkunst – Arte relâmpago) – 2ª Parte

Participantes: Antonio Rocha, Cláudio Silva, David Krebs, Markus Rothhaar, Paulo Benevides e Vando Figueirêdo
Data: 19/08 | Horário: 15:00 às 17:00 horas
Metodologia: Transmissão através do Youtube do Mauc | Carga horária: 2 horas | Certificado através de Lista de Presença – Sem necessidade de inscrição prévia
Número de vagas: Livre
Faixa etária: Livre
Ementa: Na segunda palestra do Projeto Ciclo Painter, os problemas filosóficos que foram abordados na primeira palestra tal como os problemas do mercado das artes e das pessoas com deficiências serão solucionados de maneira prática, isso já com o prototípico da técnica inovadora de pintar e escrever com cadeiras de rodas.
O diálogo da Filosofia com as Artes Visuais nessa segunda palestra apresentará as soluções dos problemas encontrados na dimensão subjetiva das pessoas com deficiências, além de responder e questionar se a Natureza não produz obra de Arte, conforme afirma F. Hegel em sua Enciclopédia Filosófica da Arte. A Live será coordenada pelo artista visual e estudante de Filosofia Claudio Silva e pelo músico alemão David Krebs.
Sobre os convidados:
Prof. Dr. Markus Rothhaar – Filósofo com mestrado na Universidade de Tübinge, com doutorado pela Universidade de Türbingen e com Estudos de filosofia, história e biologia nas universidades de Saarbrücken, Heidelberg e Tübingen. Atuando como Assistente de pesquisa para Bioética no Parlamento Europeu e Professor visitante (ética e filosofia política) da Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, Brasil. Nascido em 19.02.1968 em Dudweiler, Alemanha.
Antônio Rocha – Artista Plástico (visual ) autodidata. Como podemos conferir suas participações nas mais diversas mostras no Brasil e no exterior, ganhando vários salões, onde se destacou no: II Salão Internacional Virtual das Artes Plásticas, quando obteve 2º lugar pelo júri popular, 4296 votantes de 30 países em 1999, repetindo em 2001, sendo selecionado no importante Salão Maimeri Latino Americano (entre 3.800 obras inscritas), com exposição dos classificados em São Paulo e em seguida, na Argentina. Nasceu em Itapajé /CE no ano de 1965.
Vando Figueirêdo – Artista visual, pintor, desenhista, gravador e diplomado em desenho e pintura, através do Curso ministrado por Raul De La Nuez. Licenciado pelo Instituto Superior de Arte de Havana – Cuba. Iniciando sua carreira artística no XII Salão da Universidade de Fortaleza – Unifor – Plástica. Nasceu em 1952 e é natural de Fortaleza – Ceará
Claudio Silva – Artista visual, videomaker, flautista, poeta e estudante de Psicologia e Filosofia pela Universidade Federal do Ceará – UFC na condição de Bacharel e pesquisador da Filosofia de F. Hegel. Contemplado no I Edital de Incentivos às Artes às Pessoas com Deficiências pela Secretaria de Cultura do Estado do Ceará – SECULT-Ce. Idealizador do Festival El Khuru Metal Festival #17 Edição e do Festival Música & Abstrações Urbanas #3 Edição. Produtor e Diretor do Documentário Black Metal além do Sol. Idealizador do Projeto Ciclo Painter. Nasceu no dia 13 de Maio de 1968 em Fortaleza – Ceará – Brasil.
David Krebs – professor de alemão e músico formado em música erudita pela Faculdade de Música de Colônia (Musikhochschule Köln) como percusionista para música erudita. Se formou também no Conservatório de Colônia (Rheinische Musikschule) na área de Jazz para Combo e Big-Band sob a liderança do trombonista americana Jiggs Wigham. David faz parte da Orquestra Filarmônica do Ceará e da Banda Sinfônica do Curso de Música da Universidade Estadual do Ceará. Natural de Colônia – Alemanha.
Paulo Benevides é graduado em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Ceará, especializado em Consultoria Empresarial e Gerenciamento de Projetos, iniciou sua carreira no mercado cultural em 2000 com a criação da empresa FÁBRICA7 Consultoria Cultural, foi Coordenador de Empreendedorismo no Ceará do Programa Primeiro Emprego do Ministério do Trabalho, consultor cultural do Selo de Responsabilidade Cultural do Ceará, organizador do Fórum do Audiovisual no Ceará, foi Conselheiro em Audiovisual do Conselhos de Cultura de Fortaleza e do Ceará, desenvolveu centenas de projetos entre eles o NOIA – Festival do Audiovisual Universitário. Atualmente é professor de Empreendedorismo Cultural e diretor da PROPONO Consultoria Cultural (www.propono.com.br), empresa especializada em viabilizar projetos de arte e cultura.

 

– Workshops

Memória e preservação documental: dicas de conservação e restauração de acervos pessoais
Ministrante: Auricélia França e Larisse Macêdo
Modalidade/Plataforma: Workshop/Youtube – WhatsApp
Data: 09 e 10/08
Horário: 08:00 horas
Carga horária: 2 horas
Número de vagas: 40
Faixa etária: Livre
Ementa: Independente do tipo de suporte em que nossa história esteja registrada, diversos fatores podem contribuir para o desgaste e deterioração do material, fazendo com que a informação se perca. Nesse sentido, algumas intervenções são necessárias com o intuito de preservar essas memórias, por isso, essa atividade propõe apresentar dicas para higienizar, conservar e restaurar adequadamente documentos pessoais como fotografias, jornais, certidões, entre outros, e evitar/reparar pequenos desgastes causados pelo tempo.
Sobre as ministrantes:
Auricélia França de Souza Reis – Graduada em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Especialista em Tecnologias Aplicadas ao Tratamento, Recuperação e Gestão da Informação. Atualmente é Técnica em Arquivos no Arquivo Histórico e Institucional do Museu de Arte da UFC.
Larisse Macêdo de Almeida – Graduada em Biblioteconomia e Mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Especialista em Pesquisa Científica pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Bibliotecária e gestora da Biblioteca Floriano Teixeira do Museu de Arte da UFC.
Inscrições: https://forms.gle/BazEtyqxVb9GgyVb7

Desenho como um mapeamento de escala 1X1
Ministrante: George Lucas
Data: 09, 11 e 13/08 | Horário: 09:00 às 11:00 horas
Metodologia: Encontros síncronos através do Google Meet | Carga horária: 6 horas
Número de vagas: 20
Faixa etária: A partir de 16 anos
Ementa: Disponibilização de um espaço para o exercício da construção do desenho como fonte de conhecimento do ambiente circundante, das qualidades estéticas, valorações e forças simbólicas presente no mesmo.
Materiais necessários (de responsabilidade do participante): – Carvão Vegetal
– Lápis para desenho, 6 B, 8 B
– Caneta esferográfica de cor preta
– Folhas A4
Sobre o ministrante: George Lucas é graduando em Artes Visuais pela Universidade Regional do Cariri – URCA. Atuou como bolsista do Programa de Iniciação à Docência-PIBID, nos anos de 2014-2017, ministrando oficinas de vídeo, animação, desenho e cinema. Bolsista do programa Residência Pedagógica entre os anos de 2019- 2020. Ministrou o minicurso “Dissecções entre arte, cultura e criação”, pelo projeto Janelas Formativas, em 2021. Em 2020, participou da exposição coletiva “Curanderias e ebulições em tempos de crise”, projeto lançado pela Universidade Regional do Cariri – URCA. Produz trabalhos dentro das linguagens do desenho, pintura, video art.
Inscrições: https://forms.gle/1FJtqYtgUHRwSdLA9

 

– Visitas

Conhecendo o Museu de Arte da UFC – Visita Online – 1ª Edição
Ministrante: Saulo Moreno Rocha
Data: 20/07 | Horário: 14:00 às 17:00 horas
Metodologia: Encontro síncrono através do Google Meet | Carga horária: 3 horas
Número de vagas: 50
Faixa etária: Livre
Ementa: Esta atividade pretende oferecer uma visita online ao Museu de Arte da UFC (Mauc). Durante a visita, dialogaremos sobre o que é o museu e, principalmente, conheceremos os principais artistas presentes em sua exposição de longa duração. A visita incluirá tópicos como: Os percursos da criação popular no Ceará; Do sertão ao litoral: Raimundo Cela; A poética das cores de Antônio Bandeira; O mundo fantástico de Chico da Silva: do Acre ao Ceará; Formas plurais, do Brasil e do Ceará: Aldemir Martins; Descartes Gadelha: denúncia e festa em cores e expressões.
Sobre o ministrante: Saulo Moreno Rocha – Bacharel em Museologia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Mestre em Museologia e Patrimônio pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) e Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST). Atualmente exerce o cargo de museólogo no Museu de Arte da UFC (Mauc), responsável pelo Núcleo Educativo.
Inscrições: https://forms.gle/hfXd7ezMZAL3LoSV9

Conhecendo o Museu de Arte da UFC – Visita Online – 2ª Edição
Ministrante: Saulo Moreno Rocha
Data: 10/08 | Horário: 09:00 às 12:00 horas
Metodologia: Encontro síncrono através do Google Meet | Carga horária: 3 horas
Número de vagas: 50
Faixa etária: Livre
Ementa: Esta atividade pretende oferecer uma visita online ao Museu de Arte da UFC (Mauc). Durante a visita, dialogaremos sobre o que é o museu e, principalmente, conheceremos os principais artistas presentes em sua exposição de longa duração. A visita incluirá tópicos como: Os percursos da criação popular no Ceará; Do sertão ao litoral: Raimundo Cela; A poética das cores de Antônio Bandeira; O mundo fantástico de Chico da Silva: do Acre ao Ceará; Formas plurais, do Brasil e do Ceará: Aldemir Martins; Descartes Gadelha: denúncia e festa em cores e expressões.
Sobre o ministrante: Saulo Moreno Rocha – Bacharel em Museologia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Mestre em Museologia e Patrimônio pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) e Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST). Atualmente exerce o cargo de museólogo no Museu de Arte da UFC (Mauc), responsável pelo Núcleo Educativo.
Inscrições: https://forms.gle/XiinMjqKHuDxuyi48

Acessar Ir para o topo