Área do cabeçalho
gov.br

Este sítio foi reprojetado para melhor atendê-lo. Acesse já pelo celular e veja mais essa novidade

Portal da UFC Acesso a informação da UFC Ouvidoria Conteúdo disponível em: Português

Universidade Federal do Ceará
Museu de Arte da UFC – M A U C

Área do conteúdo

6ª Edição do Férias no Mauc – Programação

Data de publicação: 3 de janeiro de 2022. Categoria: Eventos, Notícias

O Museu de Arte da UFC (Mauc) promove a 6ª edição do projeto Férias no Mauc: arte e museu para todos os públicos, entre os meses de janeiro e fevereiro de 2022, integrando a programação celebrativa aos 60 anos do Mauc.

Peça gráfica de divulgação do Férias no Mauc - 6ª Edição

A programação é aberta a todos os públicos e inclui quarenta e duas ações entre intervenções artísticas, oficinas, minicursos, palestras, lives e workshops. Construído colaborativamente, o Férias no Mauc acontece a partir das contribuições de artistas, pesquisadores(as), professoras(es), educadores(as), coletivos, instituições e demais pessoas interessadas em participar da construção de um museu cada vez mais plural, inclusivo e democrático.

As atividades ocorrerão online e presencialmente, no Mauc. O projeto conta com o apoio do Grupo de Pesquisa em Informação e Comunicação (GRUPIC), da Universidade Federal do Amazonas (UFAM).

Nesta edição, o evento retorna às atividades presenciais diante do estágio da pandemia em nosso país. Porém, seguirá adotando todas as normas de segurança sanitária indicadas pelas autoridades e órgãos competentes, tais como:

– verificação do passaporte vacinal contra a Covid-19, no momento do aceso ao museu;

– uso de máscara durante todo o tempo em todos o espaço público do museu;

– mediante apresentação de sintomas gripais por parte de algum(a) inscrito, sua participação estará sujeita a análise.

Veja abaixo todas as atividades deste 6ª Férias no Mauc e faça sua inscrição ou compartilhe com quem você acredite que se interesse. Lembramos que a inscrição não garante, automaticamente, a vaga na atividade. A equipe do Museu enviará e-mail às pessoas que ficarem no quadro de vagas disponibilizadas e haverá lista de espera.

Brincando no Museu – Em parceria com o programa CELULA (Centro de Estudo sobre Ludicidade e Lazer da UFC), o Brincarmóvel estará no estacionamento do Mauc entre os meses de janeiro e março, fazendo a alegria da garotada! Confira abaixo mais informações sobre a ação Brincando no Museu e os dias e horários de funcionamento.

Em caso de dúvidas, entre em contato através do e-mail eventosmauc@ufc.br ou pelas nossas redes sociais (@museudeartedaufc).

Sejam todas, todos e todes bem-vindos!

 

Programação

 

– Intervenções artísticas

Histórias Encantadas das Águas Doces
Artista-Educadora/Afronarração: Lia Braga | Instagram: @li_braga_ @liaeoseres
Modalidade/Plataforma: Intervenção artística – Presencial/Mauc
Data: 28/01
Horário: 14:00 às 15:00 horas
Número de vagas: 20
Carga horária: 1 hora
Faixa etária: Livre
Público-alvo: Especialmente voltada para público infantil e suas famílias/acompanhantes. Escolas, artistas, educadores e outros interessades.
Sinopse: Vamos mergulhar por encantos das águas doces e conhecer o universo de uma rainha muito bela, vaidosa, maternal e guerreira. Ela é Oxum, uma das rainhas negras e africanas do povo Yorubá e que carrega consigo um poder muito especial e misterioso, desde quando era criança e princesa. Depois de crescida, a rainha terá um encontro especial com a menina Afra, linda herdeira do povo Yorubá e serão embaladas por um momento afroancestral. A artista, educadora e pesquisadora Lia Braga (Fortaleza/CE), convida a criançada e também adultes, a conhecerem esse universo mágico, com afronarração de histórias que entrelaçam teatralidade, a partir do uso de bonecas (os) negras (os), e alguns elementos de música e dança. A primeira história “Oxum e seu mistério” foi adaptada a partir do livro OMO-OBA: Histórias de Princesas (Mazza Edições, 2009), de autoria de Kiusam de Oliveira e ilustrações de Josias Marinho. A segunda história é o conto “Os encantos de Afra e das águas doces”, de autoria da proponente e ancorado nos princípios da LINEBEIJU (Literatura Negro-Brasileira do Encantamento Infantil e Juvenil), criada e desenvolvida pela escritora Kiusam de Oliveira. Após a afronarração, a artista-educadora irá dialogar com o público presente.
Sobre a ministrante: Lia Braga é artista, educadora e pesquisadora das Artes, da Educação e das Infâncias. Atriz, dançarina, contadora de histórias – foco em afronarração de histórias de Orixás -. Licenciada em Teatro pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará/IFCE. Mestra em Artes Cênicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte/UFRN. Autora do livro “Onde o Corpo é Jogo: Uma Mediação Lúdica na Educação Infantil” (2017), dentre outros textos e artigos publicados. Diretora e intérprete-criadora do espetáculo infantil “Axé Odara: O Encanto de Orixás” e outras produções artísticas. Criadora do canal no YouTube Lia e os Erês com teatro, dança e música para crianças.
Inscrições: Clique aqui

 

– Lives

ArteLive – Chico da Silva
Ministrante: Natasha Sonali | Instagram: @ilustrenatier @educativomauc
Convidada: Gerciane Maria da Costa Oliveira
Mediação: Saulo Moreno
Modalidade/Plataforma: Live – Online/Youtube Mauc
Data: 22/02
Horário: 14:00 às 15:30 horas
Número de vagas: Ilimitado
Carga horária: 1 hora e 30 minutos
Faixa etária: Livre
Ementa: Nesta live, a artista e educadora Natasha Sonali realizará uma releitura, ao vivo, de uma obra de arte do artista Chico da Silva, ao tempo em que a convidada, Gerciane Oliveira, compartilhará a história desse artista, abordando a trajetória desse grande nome da arte cearense e brasileira, indo das origens às controvérsias que marcam a sua história.
Sobre a ministrante: Natasha Sonali – Graduanda em Design-Moda pela UFC. Educadora do Núcleo Educativo do Museu de Arte da UFC e colaboradora voluntário do Laboratório de Práticas Experimentais em Arte e Educação Museal (LAPEArte/Mauc).
Sobre a convidada: Gerciane Maria da Costa Oliveira é Doutora em Sociologia, docente da Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa) e pesquisadora da Rede Luso-brasileira Todas Artes/Todos os Nomes.
Não é necessária inscrição prévia – Uma lista de presença será compartilhada durante a atividade e certificados serão emitidos às(aos) participantes.

ArteLive – Joaquim Mulato e a arte penitente
Ministrante: Eliel Vitor Freitas | Instagram: @helielsoul @educativomauc
Convidado: Aterlane Martins | Instagram: @aterlanemartins
Mediação: Saulo Moreno | Instagram: @saulomorenor
Modalidade/Plataforma: Live – Online/Youtube Mauc
Data: 24/02
Horário: 14:00 às 15:30 horas
Número de vagas: Ilimitado
Carga horária: 1 hora e 30 minutos
Faixa etária: Livre
Ementa: Nesta live, o artista e educador Eliel Vitor realizará uma releitura, ao vivo, de uma obra de arte do artista Joaquim Mulato, ao tempo em que o convidado, Aterlane Martins, compartilhará a história desse artista, abordando a história da penitência e dos penitentes, a presença dessas práticas no contexto cearense e o papel da arte enquanto expressão devocional.
Sobre o ministrante: Eliel Vitor – Graduando em História pela UECE. Educador voluntário do Núcleo Educativo do Museu de Arte da UFC, colaborador do Laboratório de Práticas Experimentais em Arte e Educação Museal (LAPEArte/Mauc) e artista, utilizando principalmente aquarela.
Sobre o convidado: Aterlane Martins é professor do IFCE, campus de Quixadá. Coordenador de Arte e Cultura do IFCE – ProExt/CAC. Doutorando em Geografia. Historiador, licenciado e mestre em História, pesquisador do patrimônio cultural. Agente cultural nos movimentos de cultura tradicional popular. Integra a coordenação do Fórum Cearense de Cultura Tradicional Popular.
Não é necessária inscrição prévia – Uma lista de presença será compartilhada durante a atividade e certificados serão emitidos às(aos) participantes.

 

– Minicursos

Viajando no universo literário da História do Ceará
Ministrante: Terciana Martins Leite | Instagram: @martinsterciana
Modalidade/Plataforma: Minicurso-Online/Google Meet
Data: 11/01
Horário: 09:00 às 11:00 horas
Número de vagas: 20
Carga horária: 2 horas
Faixa etária: A partir de 16 anos
Público-alvo: educadores e educadoras
Ementa: A atividade se propõe a despertar e incentivar na criança o prazer pela leitura cearense, trazendo conhecimentos de algumas personalidades e momentos que marcaram a nossa cultura. O minicurso, voltado à educadoras e educadores, têm os seguintes objetivos: identificar personagens que fazem parte da História do Ceará; compreender a sua identidade; favorecer a leitura em casa, junto com a família e os amigos, de livros de literatura cearense; transmitir às gerações a história do povo cearense; e divulgar a nossa cultura.
Sobre a ministrante: Terciana Martins Leite nasceu na cidade de Fortaleza, Ceará. É fisioterapeuta, profissão que não exerce mais. É professora de biologia pós-graduada em práticas pedagógicas. Participou da coletânea Ecos do Nordeste – 2020 na categoria de poesias pela In-finita portugal e neste mesmo ano publicou um texto em prosa poética na revista literária Ecos da Palavra, que tinha como tema folhas de outono e concluiu no ano de 2021 com um curso capacete devia ser no peito edição 06 pela aliás editora e participando também pela primeira vez da coletânea mulherios das letras portugal de prosa e conto pela in-finita portugal 2021. Hoje é integrante de um clube de leitura e se dedica também de corpo e alma ao fazer teatral. Se assim posso dizer que: “nunca é tarde demais para ser o que você poderia ter sido”.
Inscrições: Clique aqui

Noções Básicas de Leitura e Escrita Braille
Ministrante: Maria Carlizeth da Silva Campos
Modalidade/Plataforma: Minicurso – Presencial/Mauc
Data: 01 e 03/02 (dois encontros)
Horário: 10:00 às 12:00 horas
Número de vagas: 10
Carga horária: 4 horas
Faixa etária: a partir de 18 anos
Ementa: O código de leitura e escrita braille vem há mais de dois séculos permitindo que jovens, adultos e crianças tenham acesso ao universo da informação nos aspectos social, educacional e/ou profissional. Criado por um francês de apenas 15 anos chamado Louis Braille, o código baseia-se em 6 pontinhos que deram origem ao alfabeto braille e aos símbolos de Matemática, Química, Física e Musicografia. São mais de 63 combinações que transmitem, na ponta dos dedos, um mundo de informações para os cegos de todo o mundo. Neste minicurso, o participante conhecerá parte deste universo e as técnicas utilizadas por Louis Braille na criação deste excelente código.
Sobre a ministrante: Graduanda em Letras pela Universidade Estácio de Sá. Possui um vasto conhecimento sobre Dosvox e NVDA, tecnologias assistivas desenvolvidas para pessoas com deficiência visual. É usuária do Código de Leitura e Escrita Braille desde os primeiros anos do Ensino Fundamental, possuindo uma ampla experiência nos processos de leitura e escrita deste sistema. Colabora em pesquisas científicas voltadas à inclusão das pessoas com deficiência visual nos aspectos arquitetônico, informacional, tecnológico e atitudinal. É servidora da UFC desde dezembro de 2013 e integra a equipe do Mauc desde novembro de 2018.
Inscrições: Clique aqui

 

– Oficinas

Oficina de Introdução ao Bordado
Ministrante: Maria Eduarda Pereira | Instagram: @projetocolchaderetalhos
Modalidade/Plataforma: Oficina – Presencial | Mauc
Data: 10/01
Horário: 09:00 às 12:00 horas
Número de vagas: 12
Carga horária: 3 horas
Faixa etária: a partir de 13 anos
Ementa: A oficina tem como objetivo ensinar a construir o próprio bastidor e alguns pontos básicos de bordado, em seguida realizar um trabalho individual para a aplicação dos conhecimentos obtidos.
Esta oficina é realizada em parceria com o Projeto Colcha de Retalhos – Empreendedorismo e Desenvolvimento Local e Sustentável, constituído para desenvolver ações junto a mulheres em situação de risco e vulnerabilidade, capacitando-as em atividades que possam gerar renda a partir de resíduos. Mas além dessa habilitação, esta ação quer resgatar a autoestima, qualificação profissional através de cursos, agregando conhecimento e fortalecendo o empreendedorismo social e sustentável, transformando o que é resíduo em produtos de valor.
Materiais (de responsabilidade do participante): Lápis, régua, tesoura, tecido algodão cru de gramatura média ou etamine a partir de cm, agulha para bordado ou agulha de costura n° 7 ou n° 9, linha de meado, 1 folha de papel carbono, 1 impressão de imagem ou desenho de sua escolha a ser bordado, embalagem de margarina vazia de 500g com tampa retangular ou redonda e bastidor (opcional) de madeira de 15 cm de diâmetro com ou sem tarracha.
*Caso já tenha o bastidor, não precisa levar a embalagem de margarina, se trouxer a embalagem de margarina, não é preciso levar o bastidor.
Sobre a ministrante: Maria Eduarda Pereira é estudante do Curso Design-Moda na Universidade Federal do Ceará. Atualmente, é bolsista do projeto de extensão Colcha de Retalhos, atuando como facilitadora no módulo de modelagem. Possui interesse pessoal por costura, desenho e manualidades.
Inscrições: Clique aqui

As cores de Aldemir – 1ª Edição
Ministrante: Eliel Vitor Freitas | Instagram: @helielsoul @educativomauc
Modalidade/Plataforma: Oficina – Presencial/Mauc
Data: 12/01
Horário: 14:00 às 16:00 horas
Número de vagas: 15
Carga horária: 2 horas
Faixa etária: Livre
Ementa: A partir da obra colorida e vibrante de Aldemir Martins, esta oficina se propõe à construção de releituras de grandes obras do artista que integram o acervo do Mauc, focalizando as cores que delas sobressaem, abordando os sentimentos e sensações que derivam do contato com o universo pictórico e estético do artista do Cariri.
Sobre o ministrante: Graduando em História pela UECE. Educador voluntário do Núcleo Educativo do Museu de Arte da UFC, colaborador do Laboratório de Práticas Experimentais em Arte e Educação Museal (LAPEArte/Mauc) e artista, utilizando principalmente aquarela.
Esta atividade integra a programação do Mauc em celebração ao centenário de nascimento do artista cearense Aldemir Martins (1922-2022).
Inscrições: Clique aqui

[ATIVIDADE CANCELADA] Brincando no mundo do Chico: o poder da imaginação infantil – 1ª Edição 
Ministrante: Eliel Vitor Freitas | Instagram: @helielsoul @educativomauc
Modalidade/Plataforma: Oficina – Presencial/Mauc
Data: 13/01
Horário: 14:00 às 16:00 horas
Número de vagas: 15
Carga horária: 2 horas
Faixa etária: a partir de 5 anos
Ementa: A partir do contato com a sala de Chico da Silva, vamos apreciar e discutir algumas obras do acervo do Mauc, buscando identificar as referências culturais/folclóricas da sua obra e do seu imaginário, produzindo em seguida releituras em guache que dialoguem com seu universo rico e multicolorido.
Materiais necessários (de responsabilidade do participante): Atenção apenas na roupa, pois será utilizada tinta guache.
Sobre o ministrante: Graduando em História pela UECE. Educador voluntário do Núcleo Educativo do Museu de Arte da UFC, colaborador do Laboratório de Práticas Experimentais em Arte e Educação Museal (LAPEArte/Mauc) e artista, utilizando principalmente aquarela.
Inscrições: Clique aqui

Oficina: colagem e percepções estéticas – 1ª Edição
Data: 14/01
Horário: 14 às 16 horas
Ministrante: Ricardo Vieira | Instagram: @rycardovs @educativomauc
Modalidade/Plataforma: Oficina/Presencial
Número de vagas: 15
Carga horária: 2 horas
Faixa etária: Livre
Ementa: A oficina de colagem tem o objetivo de apresentar a(o) participante à técnica de colagem, incentivando a buscar novas formas criativas para suas obras artísticas.
Materiais (de responsabilidade do participante): papel, revistas e livros, tesoura/estilete e cola.
Materiais opcionais: lápis, lápis de cor e tinta.
Observação: alguns materiais serão disponibilizados no museu, mas recomendamos que a(o) participante traga o que tiver e puder.
Sobre o ministrante: Ricardo Vieira é estudante de Design-Moda na UFC. Educador do Núcleo Educativo do Museu de Arte da UFC, vinculado ao Laboratório de Práticas Experimentais em Arte e Educação Museal do Mauc (LAPEArte).
Inscrições: Clique aqui

Costurando bonecas de pano – para crianças
Ministrante: Diana Vieira | Instagram: @projetocolchaderetalhos
Modalidade/Plataforma: Oficina – Presencial | Mauc
Data: 17/01
Horário: 13:00 às 17:00 horas
Número de vagas: 12
Carga horária: 4 horas
Faixa etária: a partir de 8 anos
Ementa: Costura de bonecas de pano e vestido (simplificados).
Esta oficina é realizada em parceria com o Projeto Colcha de Retalhos – Empreendedorismo e Desenvolvimento Local e Sustentável, constituído para desenvolver ações junto a mulheres em situação de risco e vulnerabilidade, capacitando-as em atividades que possam gerar renda a partir de resíduos. Mas além dessa habilitação, esta ação quer resgatar a autoestima, qualificação profissional através de cursos, agregando conhecimento e fortalecendo o empreendedorismo social e sustentável, transformando o que é resíduo em produtos de valor.
Sobre a ministrante: Diana começou a costurar já aos 13 anos por pura curiosidade. Hoje formada em Design-Moda pela UFC, os conhecimentos práticos adquiridos antes mesmo de iniciar sua jornada acadêmica deram sensibilidade para ajudar iniciantes a explorar materiais e circunstâncias adversas de forma criativa. Nesse conjunto de oficinas, Diana ensina a dar vida aos retalhos, ao mesmo tempo utilizando materiais têxteis que seriam descartados, criando um universo lúdico com bonecas de pano e proporcionando uma pausa tranquila em meio a um contexto moderno tão agitado. Atua como voluntária da Rede de Mulheres Solidárias.
Inscrições: Clique aqui

Atreveria pela pintura
Ministrante: Yan Jackson e Amanda Colares da Silva | Instagram: @Jb02_6 @a13sul @artrabisco.o @acolaress
Modalidade/Plataforma: Oficina – Presencial/Mauc
Data: 18, 20, 25, 27 e 28/01 (5 encontros)
Horário: 08:00 às 11:00 horas
Número de vagas: 15
Carga horária: 15 horas
Faixa etária: de 6 a 15 anos
Ementa: Nesta oficina serão abordadas as cores primária, secundária e terciária, as várias formas de misturar estas cores e mostrar como obter no círculo cromático e mostrar trabalhos de artistas nessa área, ensinando de forma prática os métodos de pintura.
Materiais necessários (de responsabilidade do participante): lápis hb, 2b, 4b, 6b e borracha, folha de gramatura 200 e caderno para anotação; Esfuminho ou algodão; fôrma (bandeja) de gelo; pincéis redondos nº 1; tinta guache.
Sobre a ministrante: Yan Jackson é graduando em Artes Visuais pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE).
Amanda Colares da Silva – Artista e graduanda em Artes Visuais pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE).
Inscrições: Clique aqui

Oficina de invencionática: arteterapia e criatividade em Manoel de Barros
Ministrante: Amanda Sales | Instagram: @atelie.inclusivo
Modalidade/Plataforma: Oficina – Presencial/Mauc
Data: 19/01
Horário: 08:00 às 12:00 horas
Número de vagas: 12
Faixa etária: a partir de 17 anos
Ementa: Atravessando a poesia de Manoel de Barros e utilizando ferramentas de arteterapia, a oficina será uma vivência que possibilitará a expressão de si dos participantes e estimulação da criatividade.
Sobre a ministrante: Amanda Sales é psicóloga, estudante de Artes Visuais e Arteterapia. Criadora do Ateliê Inclusivo, que explora a arte como ferramenta inclusiva e terapêutica.
Materiais e recomendações: Cada participante deve levar objetos quebrados e/ou inutilizados de casa. Exemplo: uma escova de cabelo velha, um controle remoto quebrado, etc. Também, se puder, levar cola quente, tesoura, revistas.
Inscrições: Clique aqui

Oficina de pinturas faciais e corporais
Ministrantes: Carlos Jardel Souza Araújo | Instagram: @caricaturas.jardel
Convidados colaboradores: Arruda e Márcio Félix
Modalidade/Plataforma: Oficina – Presencial/Mauc
Data: 19/01
Horário: 13:00 às 17:00 horas
Número de vagas: 10
Faixa etária: Livre
Público-alvo: Pessoas interessadas em aprender a produzir pinturas faciais e corporais.
Ementa: A oficina visa disseminar a arte da pintura corporal ou facial como instrumento de promoção para entretenimento com público infantil, ensinando técnicas de pinturas, manuseio dos pincéis, acolhida da criança ao ser pintada e elaboração de book.
Sobre o ministrante: Carlos Jardel Souza Araújo – Atua há 15 anos como caricaturista e maquiador facial como Merchant em eventos (casamento, aniversário e atividades de arte educação) e sua formação percorre no campo da pedagogia social com público infantil.
Materiais e recomendações (de responsabilidade do participante): Pincéis, tinta para pinturas corporais (líquida e em pasta); lenço umedecido.
Esta Oficina é realizada em parceria com o Programa Ponto de Encontro, desenvolvido pela Fundação da Criança e Família Cidadã (FUNCI), da Prefeitura de Fortaleza.
Inscrições: Clique aqui

As cores de Aldemir – 2ª Edição
Ministrante: Eliel Vitor Freitas | Instagram: @helielsoul @educativomauc
Modalidade/Plataforma: Oficina – Presencial/Mauc
Data: 20/01
Horário: 14:00 às 16:00 horas
Número de vagas: 15
Carga horária: 2 horas
Faixa etária: Livre
Ementa: A partir da obra colorida e vibrante de Aldemir Martins, esta oficina se propõe à construção de releituras de grandes obras do artista que integram o acervo do Mauc, focalizando as cores que delas sobressaem, abordando os sentimentos e sensações que derivam do contato com o universo pictórico e estético do artista do Cariri.
Sobre o ministrante: Graduando em História pela UECE. Educador voluntário do Núcleo Educativo do Museu de Arte da UFC, colaborador do Laboratório de Práticas Experimentais em Arte e Educação Museal (LAPEArte/Mauc) e artista, utilizando principalmente aquarela.
Esta atividade integra a programação do Mauc em celebração ao centenário de nascimento do artista cearense Aldemir Martins (1922-2022).
Inscrições: Clique aqui

[ATIVIDADE CANCELADA] Oficina de Origami
Ministrante: Thiago Nogueira de Freitas | Instagram: @thi.ago.nogueira
Modalidade/Plataforma: Oficina – Presencial/Mauc
Data: 21/01
Horário: 09:00 às 11:00 horas
Número de vagas: 12
Carga horária: 2 horas
Faixa etária: Livre
Ementa: O origami é uma arte milenar japonesa, onde são criadas figuras através das dobraduras em papel. A prática de origami ajuda a melhorar a concentração e estimula a criatividade.
Sobre o ministrante: Graduando em Gestão da Qualidade pela UFC. Contramestre em artes gráficas do Museu de Arte da UFC, com atuação no Núcleo de Comunicação, onde é responsável pela diagramação, criação de peças gráficas e das publicações editoriais do Mauc.
Inscrições: Clique aqui

O que o coração quer dizer?
Ministrante: Débora Suelda | Instagram: @escritora.debora
Modalidade/Plataforma: Oficina – Online/Google Meet
Data: 22/01
Horário: 09:00 às 11:30 horas
Número de vagas: 25
Carga horária: 2 horas e 30 minutos
Faixa etária: a partir de 14 anos
Ementa: Em busca de encontrar definições para sua escrita poética, Débora Suelda ingressou em um grupo de estudos sobre poesia. No primeiro encontro, se viu diante de um texto do poeta mexicano Octavio Paz, o qual chacoalhou a visão cartesiana sobre poesia da mesma. Esta oficina é um convite a experimentações poéticas. Utilizando-se de textos, imagens e músicas o participante é convidado a entrar em contato com seu próprio corpo e sentimentos e a partir dessa reflexão levado a criar um poema como forma de expressar sentimentos que surgiram ao longo da oficina.
Sobre a ministrante: Débora Suelda é poeta, escritora e professora de Matemática. Autora do livro “esse texto não é um maldizer”(2021) e do livro digital “Como resolver um problema matemático?” (2020). Tem suas poesias publicadas em três antologias poéticas do Nordeste. Gosta de ler, dançar, ir à praia e de boa conversa.
Inscrições: Clique aqui

[ATIVIDADE CANCELADA] Oficina de Monotipia e Colagem – 1ª Edição
Ministrante: Francisco Bandeira | Instagram: @francisco_bandeiraband
Modalidade/Plataforma: Oficina – Presencial/Mauc
Data: 24/01
Horário: 09:00 às 11:00 horas
Número de vagas: 10
Carga horária: 2 horas
Faixa etária: de 6 a 14 anos
Ementa: Oficina de ensino e prática artística, focada na produção da gravura (monotipia), a partir do uso da tinta guache para reprodução de um desenho ou mancha de cor.
Sobre o ministrante: Francisco Antônio Araújo Bandeira – Nascido em Fortaleza (1963), é servidor técnico-administrativo lotado no Museu de Arte da Universidade Federal do Ceará e responsável pela Oficina de Gravura Mestre Noza. Gravador, pintor, fotógrafo, desenhista, arte-educador e jornalista, Francisco possui graduação em Pedagogia e pós-graduação em Arte-Educação. Estudou gravura com Carlos Martins, Nauer Spíndola e Mariana Quito e foi professor de fotografia na Faculdade Nordeste (FANOR), além de ter ministrado cursos de gravura na Universidade de Fortaleza (UNIFOR) e em outras instituições. Em 1997, representou o Brasil na 22ª International Biennial of Graphic Art de Ljubljana na Eslovênia. Atualmente, integra o Grupo MATRIX (Fortaleza) e o Grupo Ita-Quatiara (Recife) e suas obras fazem parte dos acervos do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (Fortaleza), Museu da Gravura (Curitiba), Fundação Joaquim Nabuco (Recife).
Inscrições: Clique aqui

Dando vida aos retalhos – criando bonecas de pano
Ministrante: Diana Vieira | Instagram: @projetocolchaderetalhos
Modalidade/Plataforma: Oficina – Presencial | Mauc
Data: 24/01
Horário: 13:00 às 17:00 horas
Número de vagas: 12
Carga horária: 4 horas
Faixa etária: a partir de 13 anos
Ementa: Apresentação dos pontos de bordado. Costura de bonecas de pano. Costura de roupinhas de pano.
Esta oficina é realizada em parceria com o Projeto Colcha de Retalhos – Empreendedorismo e Desenvolvimento Local e Sustentável, constituído para desenvolver ações junto a mulheres em situação de risco e vulnerabilidade, capacitando-as em atividades que possam gerar renda a partir de resíduos. Mas além dessa habilitação, esta ação quer resgatar a autoestima, qualificação profissional através de cursos, agregando conhecimento e fortalecendo o empreendedorismo social e sustentável, transformando o que é resíduo em produtos de valor.
Sobre a ministrante: Diana começou a costurar já aos 13 anos por pura curiosidade. Hoje formada em Design-Moda pela UFC, os conhecimentos práticos adquiridos antes mesmo de iniciar sua jornada acadêmica deram sensibilidade para ajudar iniciantes a explorar materiais e circunstâncias adversas de forma criativa. Nesse conjunto de oficinas, Diana ensina a dar vida aos retalhos, ao mesmo tempo utilizando materiais têxteis que seriam descartados, criando um universo lúdico com bonecas de pano e proporcionando uma pausa tranquila em meio a um contexto moderno tão agitado. Atua como voluntária da Rede de Mulheres Solidárias.
Inscrições: Clique aqui

Mosaico em papel
Ministrante: Ana Márcia Costa Netto | Instagram: @annamarcia8787
Modalidade/Plataforma: Oficina – Presencial/Mauc
Data: 26/01
Horário: 14:00 às 15:30 horas
Número de vagas: 15
Carga horária: 1 hora e 30 minutos
Faixa etária: Livre
Ementa: Breve história do mosaico; explicação do que será feito, os participantes irão cortar papéis coloridos para a confecção do mosaico e, por fim, irão confeccionar o mosaico.
Materiais (de responsabilidade do participante): Se possível, levar papéis coloridos e/ou revistas bem coloridas, cola, papel sulfite ou papel 40 kg, tesoura.
Sobre a ministrante: Graduanda em Artes Visuais no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE). Já ministrou oficinas pelo PIBID e no Projeto Oficinas Pedagógicas.
Inscrições: Clique aqui

Brincando no mundo do Chico: o poder da imaginação infantil – 2ª Edição
Ministrante: Eliel Vitor Freitas | Instagram: @helielsoul @educativomauc
Modalidade/Plataforma: Oficina – Presencial/Mauc
Data: 27/01
Horário: 14:00 às 16:00 horas
Número de vagas: 15
Carga horária: 2 horas
Faixa etária: a partir de 5 anos
Ementa: A partir do contato com a sala de Chico da Silva, vamos apreciar e discutir algumas obras do acervo do Mauc, buscando identificar as referências culturais/folclóricas da sua obra e do seu imaginário, produzindo em seguida releituras em guache que dialoguem com seu universo rico e multicolorido.
Materiais necessários (de responsabilidade do participante): Atenção apenas na roupa, pois será utilizada tinta guache.
Sobre o ministrante: Graduando em História pela UECE. Educador voluntário do Núcleo Educativo do Museu de Arte da UFC, colaborador do Laboratório de Práticas Experimentais em Arte e Educação Museal (LAPEArte/Mauc) e artista, utilizando principalmente aquarela.
Inscrições: Clique aqui

Oficina de Autorretrato
Ministrante: Ingrid Alves | Instagram: @projetocolchaderetalhos
Modalidade/Plataforma: Oficina – Presencial | Mauc
Data: 31/01
Horário: 09:00 às 11:00 horas
Número de vagas: 12
Carga horária: 2 horas
Faixa etária: a partir de 13 anos
Ementa: A oficina de autorretrato é inspirada nas vivências que carregamos durante a vida, propõe a materialização da auto-imagem seja como um exercício de olhar para si ou como ferramenta de apropriação da própria personalidade e estética.
Esta oficina é realizada em parceria com o Projeto Colcha de Retalhos – Empreendedorismo e Desenvolvimento Local e Sustentável, constituído para desenvolver ações junto a mulheres em situação de risco e vulnerabilidade, capacitando-as em atividades que possam gerar renda a partir de resíduos. Mas além dessa habilitação, esta ação quer resgatar a autoestima, qualificação profissional através de cursos, agregando conhecimento e fortalecendo o empreendedorismo social e sustentável, transformando o que é resíduo em produtos de valor.
Material (de responsabilidade do participante): 1 espelho; Papel A3; lápis de escrever e de cor; Tintas/Pincéis; Tesoura/Revista para recorte.
*Os participantes podem levar material adicional para compor o trabalho, caso queiram.
Sobre a ministrante: Ingrid Alves é estudante do Curso Design-Moda na Universidade Federal do Ceará, atualmente é bolsista do projeto de Extensão Colcha de Retalhos, atuando como facilitadora no módulo de costura, possui interesse pessoal por Arte, Desenho, Costura. Acredita que a arte é um caminho essencial para a vida.
Inscrições: Clique aqui

[ATIVIDADE CANCELADA] Oficina de Monotipia e Colagem – 2ª Edição
Ministrante: Francisco Bandeira | Instagram: @francisco_bandeiraband
Modalidade/Plataforma: Oficina – Presencial/Mauc
Data: 31/01
Horário: 14:00 às 16:00 horas
Número de vagas: 10
Carga horária: 2 horas
Faixa etária: de 6 a 14 anos
Ementa: Oficina de ensino e prática artística, focada na produção da gravura (monotipia), a partir do uso da tinta guache para reprodução de um desenho ou mancha de cor.
Sobre o ministrante: Francisco Antônio Araújo Bandeira – Nascido em Fortaleza (1963), é servidor técnico-administrativo lotado no Museu de Arte da Universidade Federal do Ceará e responsável pela Oficina de Gravura Mestre Noza. Gravador, pintor, desenhista, fotógrafo, arte-educador e jornalista, Francisco possui graduação em Pedagogia e pós-graduação em Arte-Educação. Estudou gravura com Carlos Martins, Nauer Spíndola e Mariana Quito e foi professor de fotografia na Faculdade Nordeste (FANOR), além de ter ministrado cursos de gravura na Universidade de Fortaleza (UNIFOR) e em outras instituições. Em 1997, representou o Brasil na 22ª International Biennial of Graphic Art de Ljubljana na Eslovênia. Atualmente, integra o Grupo MATRIX (Fortaleza) e o Grupo Ita-Quatiara (Recife) e suas obras fazem parte dos acervos do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (Fortaleza), Museu da Gravura (Curitiba), Fundação Joaquim Nabuco (Recife).
Inscrições: Clique aqui

Colagem digital: técnica com o Canva
Ministrante: Ricardo Vieira | Instagram: @rycardovs @educativomauc
Modalidade/Plataforma: Oficina – Online/Google Meet
Data: 04/02
Horário: 14:00 às 15:30 horas
Número de vagas: 40
Carga horária: 01h 30m
Faixa etária: Livre
Ementa: A oficina de colagem digital busca mostrar os princípios básicos de sua montagem, bem como a escolha dos elementos dispostos. Além disso, vamos colocar em prática a teoria estudada, para instigar os participantes a produzir sua própria colagem digital.
Sobre o ministrante: Ricardo Vieira é estudante de Design-Moda na UFC. Educador do Núcleo Educativo do Museu de Arte da UFC, vinculado ao Laboratório de Práticas Experimentais em Arte e Educação Museal do Mauc (LAPEArte).
Materiais necessários: Ferramenta online Canva.
Inscrições: Clique aqui

O Desenho como expressão imediata dos Sentidos
Ministrante: George Lucas | Instagram: @georgelucas488
Modalidade/Plataforma: Oficina – Online/Google Meet
Data: 07, 08, 09 e 10/02
Horário: 09:00 às 11:00 horas
Número de vagas: 25
Carga horária: 8 horas
Faixa etária: A partir de 16 anos
Ementa: A oficina tem como objetivo proporcionar um espaço no qual se possa refletir sobre as experiências estéticas vivenciadas pelos participantes, onde pelo desenho será possível pensar sobre tais experiências, pensar em como organizá-las de modo conciso e pertinente. E pelo desenho descobrir modos de organizar e retratar o que através de nossos sentidos atribuímos como qualidades ao mundo. E do mesmo modo repensar o conceito e definição do que é desenhar.
Sobre o ministrante: Licenciado em Artes Visuais pela Universidade Regional do Cariri – URCA. Foi bolsista do Programa institucional de Bolsas de Iniciação à Docência – PIBID entre os anos de 2014-2017. Bolsista do Programa de Residência Pedagógica entre os anos de 2018-2019 e, em 2020, participou da Exposição: Curanderias e Ebulições, com o trabalho em videoart: N°1, Sem título. Em 2020 foi Integrante do naipe dos violinos na orquestra de cordas, formada no II Encontro de Cordas Friccionadas de Sobral. Já em 2021 ministrou o minicurso em formato digital: Dissecções entre arte, cultura e processos de criação, dentro do Projeto Janelas Formativas e, no mesmo ano, ministrou as oficinas Autoretrato e o encontro com minhas vozes interiores, Desenho como um mapeamento de escala 1X1 e Arte, cultura e processos de criação, dentro da programação do Férias no MAUC – Museu de Arte da UFC – 5ª edição.
Inscrições: Clique aqui

As cores de Aldemir – 3ª Edição
Ministrante: Eliel Vitor Freitas | Instagram: @helielsoul @educativomauc
Modalidade/Plataforma: Oficina – Presencial/Mauc
Data: 09/02
Horário: 14:00 às 16:00 horas
Número de vagas: 15
Carga horária: 2 horas
Faixa etária: Livre
Ementa: A partir da obra colorida e vibrante de Aldemir Martins, esta oficina se propõe à construção de releituras de grandes obras do artista que integram o acervo do Mauc, focalizando as cores que delas sobressaem, abordando os sentimentos e sensações que derivam do contato com o universo pictórico e estético do artista do Cariri.
Sobre o ministrante: Graduando em História pela UECE. Educador voluntário do Núcleo Educativo do Museu de Arte da UFC, colaborador do Laboratório de Práticas Experimentais em Arte e Educação Museal (LAPEArte/Mauc) e artista, utilizando principalmente aquarela.
Esta atividade integra a programação do Mauc em celebração ao centenário de nascimento do artista cearense Aldemir Martins (1922-2022).
Inscrições: Clique aqui

Dando vida aos retalhos – construindo casas de pano
Ministrante: Diana Vieira | Instagram: @projetocolchaderetalhos
Modalidade/Plataforma: Oficina – Presencial | Mauc
Data: 11/02
Horário: 13:00 às 17:00 horas
Número de vagas: 12
Carga horária: 4 horas
Faixa etária: a partir de 13 anos
Ementa: Moldes da casa de pano. Combinação básica de cores. Seleção de elementos para a casa de pano. Técnicas de colagem e de costura à mão para montagem de casa de pano. Apresentação dos pontos de bordado.
Esta oficina é realizada em parceria com o Projeto Colcha de Retalhos – Empreendedorismo e Desenvolvimento Local e Sustentável, constituído para desenvolver ações junto a mulheres em situação de risco e vulnerabilidade, capacitando-as em atividades que possam gerar renda a partir de resíduos. Mas além dessa habilitação, esta ação quer resgatar a autoestima, qualificação profissional através de cursos, agregando conhecimento e fortalecendo o empreendedorismo social e sustentável, transformando o que é resíduo em produtos de valor.
Pedido aos participantes: Se possível, trazer pistola de cola quente, tesoura e aviamentos variados (botões coloridos, zipers, bicos e rendas, caso tenha pequenas sobras em casa)
Sobre a ministrante: Diana começou a costurar já aos 13 anos por pura curiosidade. Hoje formada em Design-Moda pela UFC, os conhecimentos práticos adquiridos antes mesmo de iniciar sua jornada acadêmica deram sensibilidade para ajudar iniciantes a explorar materiais e circunstâncias adversas de forma criativa. Nesse conjunto de oficinas, Diana ensina a dar vida aos retalhos, ao mesmo tempo utilizando materiais têxteis que seriam descartados, criando um universo lúdico com bonecas de pano e proporcionando uma pausa tranquila em meio a um contexto moderno tão agitado. Atua como voluntária da Rede de Mulheres Solidárias.
Inscrições: Clique aqui

Cela, por entre tintas e recortes
Ministrante: Eliel Vitor Freitas e Natasha Sonali | Instagram: @helielsoul @ilustrenatier @educativomauc
Modalidade/Plataforma: Oficina – Presencial/Mauc
Data: 14/02
Horário: 13:00 às 17:00 horas
Número de vagas: 15
Carga horária: 4 horas
Faixa etária: A partir de 10 anos
Ementa: Iremos navegar pelo olhar de Raimundo Cela, suas obras, estudos, formas de transmitir o mundo no papel. Por meio da técnica de aquarela e composição em colagem, vamos construir e reconstruir releituras de suas obras.
Materiais necessários (de responsabilidade do participante): Pincel da preferência do participante (para o uso em aquarela); Tinta aquarela; Papel com gramatura para suportar a aquarela; revistas e jornais para a colagem.
Sobre a(o) ministrante:
Eliel Vitor Freitas – Graduando em História pela UECE. Educador voluntário do Núcleo Educativo do Museu de Arte da UFC, colaborador do Laboratório de Práticas Experimentais em Arte e Educação Museal (LAPEArte/Mauc) e artista, utilizando principalmente aquarela.
Natasha Sonali – Graduanda em Design-Moda pela UFC. Educadora do Núcleo Educativo do Museu de Arte da UFC e colaboradora voluntária do Laboratório de Práticas Experimentais em Arte e Educação Museal (LAPEArte/Mauc).
Inscrições: Clique aqui

Oficina de Encadernação Copta
Ministrante: Natasha Sonali | Instagram: @ilustrenatier @educativomauc
Modalidade/Plataforma: Oficina – Presencial/Mauc
Data: 16/02
Horário: 13:00 às 17:00 horas
Número de vagas: 15
Carga horária: 4 horas
Faixa etária: à partir dos 15 anos
Materiais: Gramatura do papel de livre escolha; Agulha nº 20; Cola branca; pincel achatado; Régua longa; lápis e borracha; Tesoura ou estilete; Prendedores de papel; Papel paraná ou papelão para capa e contra-capa; Tecido, adesivo ou papel para decoração da capa; Fio encerado da cor que preferir.
Observações: Água para diluir a cola é opcional; Para caderno de desenho recomenda-se papel Canson, gramatura à partir de 120 g/m².
Ementa: Nesta oficina o participante vai aprender a confeccionar seu próprio caderno com a técnica copta. Esta técnica é bastante comum para cadernos artesanais ou de desenho, os sketchbooks, por ser bastante customizável mantendo sempre o mesmo passo a passo básico, como também resulta em um caderno resistente e versátil!
Sobre a ministrante: Natasha Sonali – Graduanda em Design-Moda pela UFC. Educadora do Núcleo Educativo do Museu de Arte da UFC e colaboradora voluntária do Laboratório de Práticas Experimentais em Arte e Educação Museal (LAPEArte/Mauc).
Inscrições: Clique aqui

Brincando no mundo do Chico: o poder da imaginação infantil – 3ª Edição
Ministrante: Eliel Vitor Freitas | Instagram: @helielsoul @educativomauc
Modalidade/Plataforma: Oficina – Presencial/Mauc
Data: 17/02
Horário: 14:00 às 16:00 horas
Número de vagas: 15
Carga horária: 2 horas
Faixa etária: a partir de 5 anos
Ementa: A partir do contato com a sala de Chico da Silva, vamos apreciar e discutir algumas obras do acervo do Mauc, buscando identificar as referências culturais/folclóricas da sua obra e do seu imaginário, produzindo em seguida releituras em guache que dialoguem com seu universo rico e multicolorido.
Materiais necessários (de responsabilidade do participante): Atenção apenas na roupa, pois será utilizada tinta guache.
Sobre o ministrante: Graduando em História pela UECE. Educador voluntário do Núcleo Educativo do Museu de Arte da UFC, colaborador do Laboratório de Práticas Experimentais em Arte e Educação Museal (LAPEArte/Mauc) e artista, utilizando principalmente aquarela.
Inscrições: Clique aqui

Desenho de Paisagem Litorânea
Ministrante: Ronaldo Vieira | Instagram: @ronaldovieira.artista
Modalidade/Plataforma: Oficina – Presencial/Mauc
Data: 18/02
Horário: 14:00 às 17:00 horas
Número de vagas: 15
Carga horária: 3 horas
Público-alvo: Interessados em desenho de paisagem
Ementa: A oficina pretende introduzir o desenho de paisagem litorânea, oferecendo noções sobre alguns elementos de composição visual (ponto, linha, forma, sombra, proporção) e na oportunidade o aluno conhecerá uma obra do pintor Raimundo cela e que servirá como inspiração para a produção plástica individual.
Materiais (de responsabilidade do participante): algumas folhas de papel para desenho (bloco de papel Canson) ou papel sulfite em tamanho A3, lápis 6B, borracha, prancheta ou algum material de apoio a folha, apontador, lápis de cor.
Sobre o ministrante: Graduado em Artes Plásticas e Licenciado em Artes Visuais pelo IFCE, mestrando em Artes pelo IFCE, atua como professor de Artes, pintor e desenhista.
Inscrições: Clique aqui.

Festa das Cores: Relendo Antônio Bandeira
Ministrante: Natasha Sonali | Instagram: @ilustrenatier @educativomauc
Modalidade/Plataforma: Oficina – Presencial/Mauc
Data: 21/02
Horário: 13:00 às 17:00 horas
Número de vagas: 15
Carga horária: 4 horas
Faixa etária: à partir dos 15 anos
Materiais: papel para técnica mista de gramatura superior a 180 g/m² ou; papel para aquarela 300 g/m²; recipiente para água; godê; flanela; pincéis avulsos; Lápis de cor; Tinta aquarela; Tinta guache; Tinta acrílica; Giz pastel oleoso; Giz pastel seco.
Nota: Dentre os materiais de pintura, recomenda-se um material de técnica seca, como o lápis de cor e outro de técnica molhada, como a aquarela – dependerá de qual efeito deseja ser atingido pelo participante, não é necessário exatamente todos os da lista.
Ementa: Utilizando a Abordagem Triangular da arte/educadora Ana Mae Barbosa, o primeiro passo da oficina é a compreensão da trajetória e contextualização histórica acerca do artista Antônio Bandeira, a decupagem e apreciação de suas obras percebendo seus processos e subjetividades. A última parte do processo é o fazer artístico do participante: escolher uma das obras de Bandeira e fazer uma releitura através de técnica mista de pintura.
Sobre a ministrante: Natasha Sonali – Graduanda em Design-Moda pela UFC. Educadora do Núcleo Educativo do Museu de Arte da UFC e colaboradora voluntária do Laboratório de Práticas Experimentais em Arte e Educação Museal (LAPEArte/Mauc).
Esta atividade integra a programação do Mauc em celebração ao centenário de nascimento do artista cearense Antônio Bandeira (1922-2022).
Inscrições: Clique aqui

Rompendo a monotonia através da arte
Ministrante: Elvis Posada Quiroga | Instagram: @elposqui
Modalidade/Plataforma: Oficina – Presencial/Mauc
Data: 23/02
Horário: 09:00 às 11:00 horas
Número de vagas: 15
Carga horária: 2 horas
Faixa etária: a partir de 18 anos
Ementa: Atividades individuais de realização de desenhos a partir dos desafios orientados pelo facilitador, farão que o participante utilize os seus recursos pessoais para sair do convencional e conseguir mobilizar outras perspectivas de resolver as coisas que talvez não tinha enxergado se fosse feito desde a sua perspectiva de conforto, monótono e habitual. O trabalho é individual com a possibilidade de fazer uma roda de conversa para socializar a experiência. Será um trabalho pessoal, por isso ninguém terá a obrigação de mostrar e/ou falar sobre suas produções feitas. Ao final, se compartilhará algumas dicas para fortalecer os recursos pessoais para fazer frente às adversidades ou para sair da monotonia imposta pela pandemia.
Sobre o ministrante: Mestre em Arteterapia e Educação Artística para a Inclusão Social (Universidad Complutense de Madrid-Espanha); Especialista em Intervenção Psicossocial em Situação de Crises, Emergências e Catástrofes (Universidad Autonoma de Madrid-Espanha); Especialista em Cultura de Paz e Direito Internacional Humanitário (Pontifícia Universidad Javeriana – Colômbia); Psicólogo (Universidad del Valle – Colômbia). Membro da Associação Pernambucana de Arteterapia (Brasil) e da Associação Colombiana de Arteterapia (Colômbia).
Materiais (de responsabilidade do participante): canetas de diferentes cores.
Inscrições: Clique aqui

Oficina: colagem e percepções estéticas – 2ª Edição
Data: 23/02
Horário: 14 às 16 horas
Ministrante: Ricardo Vieira | Instagram: @rycardovs @educativomauc
Modalidade/Plataforma: Oficina – Presencial/Mauc
Número de vagas: 15
Carga horária: 2 horas
Faixa etária: Livre
Ementa: A oficina de colagem tem o objetivo de apresentar a(o) participante à técnica de colagem, incentivando a buscar novas formas criativas para suas obras artísticas.
Materiais: papel, revistas e livros, tesoura/estilete e cola.
Materiais opcionais: lápis, lápis de cor e tinta.
Observação: alguns materiais serão disponibilizados no museu, mas recomendamos que a(o) participante traga o que tiver e puder.
Sobre o ministrante: Ricardo Vieira é estudante de Design-Moda na UFC. Educador do Núcleo Educativo do Museu de Arte da UFC, vinculado ao Laboratório de Práticas Experimentais em Arte e Educação Museal do Mauc (LAPEArte).
Inscrições: Clique aqui

Desenhando Aldemir: um tributo ao artista centenário
Ministrante: Natasha Sonali | Instagram: @ilustrenatier @educativomauc
Modalidade/Plataforma: Oficina – Presencial/Mauc
Data: 25/02
Horário: 13:00 às 17:00 horas
Número de vagas: 15
Carga horária: 4 horas
Faixa etária: a partir dos 15 anos
Ementa: Aldemir Martins foi um artista moderno e eclético: as técnicas utilizadas em sua obra passeiam pela pintura, o desenho e gravura – nesta última já experimentou litogravura, serigrafia, xilogravura, dentre outros. Nesta oficina iremos explorar a técnica da serigrafia em suas obras e reinterpretá-las através desenho em nanquim.
Sobre o ministrante: Natasha Sonali – Graduanda em Design-Moda pela UFC. Educadora do Núcleo Educativo do Museu de Arte da UFC e colaboradora voluntária do Laboratório de Práticas Experimentais em Arte e Educação Museal (LAPEArte/Mauc).
Esta atividade integra a programação do Mauc em celebração ao centenário de nascimento do artista cearense Aldemir Martins (1922-2022).
Inscrições: Clique aqui

 

-Palestras

O Ser Professor Como processo Criativo
Ministrante: George Lucas | Instagram: @georgelucas488
Modalidade/Plataforma: Palestra – Online/Google Meet
Data: 17/01
Horário: 19:00 às 20:30 horas
Número de vagas: 30
Carga horária: 1 hora e 30 minutos
Faixa etária: A partir de 16 anos
Público-alvo: Professores de Artes Visuais; Graduandos em Artes visuais e áreas afins.
Ementa: A ação busca elucidar conexões entre o processo criativo e o processo de formação docente dentro das Artes Visuais. Para tanto, de início, é necessário pensar que o ensinar artes, neste caso, as Artes Visuais, não é um processo que se dá negando a execução (experimentação prática) dos materiais, neste sentido o ensino, o fazer e a pesquisa se dão como atividades síncronas. Pode-se inferir que todo professor de Artes está a todo instante se afirmando como Professor/Pesquisador/Artista. Sendo assim, dentro da palestra será dado um ambiente para refletir sobre um processo criativo próprio e indispensável para todo docente.
Sobre o ministrante: Licenciado em Artes Visuais pela Universidade Regional do Cariri – URCA. Foi bolsista do Programa institucional de Bolsas de Iniciação à Docência – PIBID entre os anos de 2014-2017. Bolsista do Programa de Residência Pedagógica entre os anos de 2018-2019 e, em 2020, participou da Exposição: Curanderias e Ebulições, com o trabalho em videoart: N°1, Sem título. Em 2020 foi Integrante do naipe dos violinos na orquestra de cordas, formada no II Encontro de Cordas Friccionadas de Sobral. Já em 2021 ministrou o minicurso em formato digital: Dissecções entre arte, cultura e processos de criação, dentro do Projeto Janelas Formativas e, no mesmo ano, ministrou as oficinas Autoretrato e o encontro com minhas vozes interiores, Desenho como um mapeamento de escala 1X1 e Arte, cultura e processos de criação, dentro da programação do Férias no MAUC – Museu de Arte da UFC – 5ª edição.
Inscrições: Clique aqui

 

– Workshops

Escultura em argila com o método técnico Sight-Size
Ministrante: Ispaide Idilécio
Modalidade/Plataforma: Workshop – Presencial/Mauc
Data: 01, 02, 03, 07 e 08/02
Horário: 14 às 16 horas
Número de vagas: 10
Faixa etária: a partir de 18 anos
Carga horária: 10 horas
Ementa: O workshop tem o objetivo de aplicar a linguagem visual da tridimensionalidade escultura em argila, onde irei ministrar todo processo do método técnico sight-size, ensinando cada artista visual ou aluno de qualquer área que tenha interesse de aplicar o método técnico, definindo uma estética naturalista ou outra estética desejada pelo aluno, pois cada um(a) terá liberdade para desenvolver seu projeto escultórico em argila.
Materiais necessários (de responsabilidade do participante): argila, borrifador, estecas e avental.
Sobre o ministrante: Ispaide Idilécio – Graduado em Artes Visuais pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará – IFCE. Experiência programa de estudante voluntário em pesquisa inovação Pesquisa Arte Visuais em Escultura no PRPI, e na monitoria como bolsista no laboratório Lartec – IFCE. Desenvolvimento pesquisa em Artes Visuais objeto de estudo Escultura em Argila Bolsista (PIBIC-CNPQ) Escultura em argila no grupo de pesquisa ARTEUM, realizações sobre práxis do método técnico SIGHT-SIZE, também desenvolvendo uma análise estético. Assistente: Ateliê de tridimensionalidade do Professor Dr. Maximiano Arruda Ximenes D. Lima. assistente Professora Mestre Escultora Bianka Miekes. 2015. Alanus Hochschule für Kunst und Gesellschaft assistência projetos pesquisa em Artes Visuais em Arte Escultórica.
Inscrições: Clique aqui

Do lixo à arte! Workshop de produção de máscaras e interpretação do Reisado de Caretas com materiais recicláveis
Ministrante: Circe Macena
Convidada(o): Bruno Victor Mariano Rodrigues e Maria Jaene Aguiar Pinho
Modalidade/Plataforma: Workshop – Presencial/Mauc
Data: 02/02
Horário: 13:00 às 17:00 horas
Número de vagas: 10
Carga horária: 4 horas
Faixa etária: a partir de 14 anos
Ementa: A proposta se trata de uma articulação entre a Cultura Tradicional Popular, as práticas artísticas e até mesmo o aspecto ambiental. Para tanto, a realização do Workshop foi separada em duas partes, uma inicial, para a confecção das Máscaras do Reisado de Caretas com a utilização de materiais recicláveis, e uma parte final, para a interpretação do Reisado de Caretas, introduzindo os participantes a esta forma de brincar o Reisado com a utilização das máscaras confeccionadas pelos mesmos. Para a primeira parte, serão destinadas 2 horas, na qual os participantes terão acesso a imagens e vídeos, como também materiais em PDF que poderão ser impressos para ajudar na produção. Os materiais recicláveis podem ser dos mais diversos tipos (papel, papelão, garrafa PET, tampinhas de garrafa, rolos de papel higiênico, garrafas, vidros de amaciante, dentre outros). Durante as duas horas, utilizaremos o espaço do museu como um ateliê aberto e coletivo, instruídos pelos convidados da ação, na qual produzirão as suas máscaras em conjunto. A primeira parte irá conversar com o aspecto ambiental e a produção artística, além de, breves comentários sobre a Cultura Tradicional Popular. Na segunda parte, os participantes mergulharão no mundo do Reisado de Caretas Cearense com a colaboradora Circe Macena, que irá apresentar essa maneira de brincar Reisado, resgatando a cultura da região central do Ceará e transmitindo-a para os participantes. Além disso, o segundo momento será de interpretação, na qual os participantes serão convidados a interpretar o Reisado de Caretas com suas máscaras. A segunda parte, assim como a primeira, contará com o prazo de duas horas. Para o workshop, é importante ressaltar que os participantes devem ter os materiais necessários para a confecção das máscaras, como tesoura e cola. Por fim, deve ser dada uma pausa entre a primeira parte e a segunda, para garantir que eventuais empecilhos aconteçam com as máscaras pós-confeccionadas, já que vão ser utilizadas nos dois momentos.
Sobre a(o) ministrante:
Circe Macena – Atriz, dançarina e docente de Fortaleza, Ceará. Atua como professora no curso de Licenciatura em Teatro e dos cursos Técnicos Integrados do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará – campus Fortaleza. Diretora e artista da Companhia Barlavento e diretora coreográfica e dançarina do Grupo MiraIra – Laboratório de Práticas Culturais Tradicionais, onde atua desde 1997. Tem graduação em Licenciatura em Teatro pelo IFCE (2016), Especialização em Artes pela FAVENI (2016), Mestrado em Artes pelo IFCE (2019) e é Técnica em Dança pela Escola Porto Iracema das Artes (2019). Pesquisadora do Grupo de Estudos em Cultura Folclórica Aplicada IFCE/CNPQ. Sua pesquisa envolve Processos Criativos em Dança, Teatro, Matrizes Tradicionais Culturais e Patrimônio Imaterial. Além disso, Circe possui pleno conhecimento e propriedade sobre o Reisado Cearense, tanto por sua formação acadêmica, quanto pessoal.
Sobre a(o) convidada(o):
Bruno Victor Mariano Rodrigues tem 17 anos, brasileiro e é natural de Fortaleza-CE. Atualmente é discente no Instituto Federal do Ceará – campus Fortaleza, no curso Técnico Integrado em Eletrotécnica. Tem domínio da Língua Inglesa e estuda a Língua Francesa. Foi voluntário no ensino da Cultura Brasileira e Língua Portuguesa para estrangeiros na Organização “iAcademy; iEducate” – “Lebanon” (2021). Atua como bolsista pelo Programa de Iniciação Científica Júnior (PIBIC Jr) no Grupo de Pesquisas em Cultura Folclórica Aplicada do Instituto Federal do Ceará, com o Projeto intitulado: “Práticas de Reinado: Cartilha Digital sobre o Reisado Cearense”. Participante ativo do Grupo Miraira, fundado no Instituto Federal do Ceará há mais de 36 anos. Além disso, Bruno fundou a Organização Protagonize Social, uma Iniciativa Voluntária que fomenta a Liderança Estudantil (2021).
Jaene Pinho é natural de Fortaleza-Ceará. No ano de 2016 iniciou sua jornada como atriz e pesquisadora de teatro, ingressando no Curso de Princípios Básicos de Teatro, no Theatro José de Alencar. Atualmente está concluindo a Graduação de Licenciatura em Teatro no IFCE – Instituto Federal do Ceará, tendo sido aluna bolsista no ano de ano de 2018 do Programa Institucional de Apoio a Projetos de Extensão – PAPEX com o projeto intitulado “Arte em Movimento por Saberes Ancestrais”. No ano de 2019 e 2020 atuou como bolsista no Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científicas – PIBIC com o projeto cujo título é “O Ator Espontâneo que se Revela em Cada um de Nós”. Participou do grupo de Cultura Popular MIRAIRA em 2017/2018. Co-fundou o grupo teatral Coletivo Uru, que tem na sua linha de pesquisa o teatro de animação, o circo e as produções audiovisuais. Integra também o Grupo Avía de Teatro e realiza produções independentes.
Materiais necessários (de responsabilidade do participante): Materiais recicláveis, como papel, papelão, garrafa PET, tampinhas de garrafa, rolos de papel higiênico, garrafas, recipientes de amaciante, dentre. Além disso, o próprio material para a produção, como tesoura, cola e tinta e demais materiais para a decoração da máscara, se o participante julgar adequado.
Inscrições: Clique aqui

 

– Cursos

Arte e Afeto
Ministrante: Levi dos Santos Porto | Instagram: @levisporto
Modalidade/Plataforma: Curso – Online/Google Meet
Data: 18/01
Horário: 18:00 às 20:00 horas
Número de vagas: 50
Faixa etária: Livre
Público-alvo: Público geral, estudantes de arte e teoria da arte, artistas.
Ementa: Como a arte nos toca, nos afeta e nos faz sonhar? De que forma age sobre nós, como nos atravessa? Conversaremos sobre arte, comunicação e percepção, ajudados por pensadores como Ana Mae Barbosa, E.H. Gombrich e John Dewey.
Sobre o ministrante: Levi S. Porto: é escritor e pesquisador em artes, graduado em Cinema pela UFC (Universidade Federal do Ceará). Publicou o livro de poemas ‘Chinchila’ (IPDH, 2019), o de contos ‘Histórias pra Gente Entocada’ (2021). Escreve regularmente em seu site: levisporto.com
Inscrições: Clique aqui

O que é o Contemporâneo na Arte Contemporânea?
Ministrante: Levi dos Santos Porto | Instagram: @levisporto
Modalidade/Plataforma: Curso – Online/Google Meet
Data: 25/01
Horário: 18:00 às 20:00 horas
Carga horária: 2 horas
Número de vagas: 50
Faixa etária: Livre
Público-alvo: Público geral, estudantes de arte e teoria da arte, artistas.
Ementa: O que a arte nos diz sobre os tempos em que vivemos? Que momento é esse na qual a Arte Contemporânea se encontra, e como e por que ela difere das obras feitas no passado? Vamos conversar sobre contemporaneidade e seus desdobramentos, ajudados por pensadores como Susan Sontag, Giorgio Agamben e Vilém Flusser.
Sobre o ministrante: Levi S. Porto: é escritor e pesquisador em artes, graduado em Cinema pela UFC (Universidade Federal do Ceará). Publicou o livro de poemas ‘Chinchila’ (IPDH, 2019), o de contos ‘Histórias pra Gente Entocada’ (2021). Escreve regularmente em seu site: levisporto.com
Inscrições: Clique aqui

Introdução à técnica de pintura em aquarela
Ministrante: George Lucas | Instagram: @georgelucas488
Modalidade/Plataforma: Curso – Online/Google Meet
Data: 15, 16, 17 e 18/02
Horário: 09:00 às 11:00 horas
Número de vagas: 20
Carga horária: 8 horas
Faixa etária: A partir de 16 anos
Público-alvo: Estudantes de Artes Visuais, Design e de áreas afins.
Ementa: O curso tem como principal objetivo o conhecimento da técnica de pintura em aquarela. Onde primeiramente será apresentado uma breve contextualização da história da pintura ocidental, pois neste sentido se faz de extrema importância compreender a evolução da pintura como linguagem, observando a aplicação prática dos fundamentos da mesma dentro do ponto norteador do curso, sendo este, a aquarela.
Sobre o ministrante: Licenciado em Artes Visuais pela Universidade Regional do Cariri – URCA. Foi bolsista do Programa institucional de Bolsas de Iniciação à Docência – PIBID entre os anos de 2014-2017. Bolsista do Programa de Residência Pedagógica entre os anos de 2018-2019 e, em 2020, participou da Exposição: Curanderias e Ebulições, com o trabalho em videoart: N°1, Sem título. Em 2020 foi Integrante do naipe dos violinos na orquestra de cordas, formada no II Encontro de Cordas Friccionadas de Sobral. Já em 2021 ministrou o minicurso em formato digital: Dissecções entre arte, cultura e processos de criação, dentro do Projeto Janelas Formativas e, no mesmo ano, ministrou as oficinas Autoretrato e o encontro com minhas vozes interiores, Desenho como um mapeamento de escala 1X1 e Arte, cultura e processos de criação, dentro da programação do Férias no MAUC – Museu de Arte da UFC – 5ª edição.
Inscrições: Clique aqui

Oficina Canva: criando slides poderosos
Ministrante: Ricardo Vieira | Instagram: @rycardovs @educativomauc
Modalidade/Plataforma: Curso – Online/Google Meet
Data: 15/02
Horário: 14:00 às 15:30 horas
Número de vagas: 40
Carga horária: 1 hora e 30 minutos
Faixa etária: Livre
Ementa: A oficina de slides tem como objetivo principal apresentar ferramentas e funcionalidades do Canva online, utilizando-se de exemplos e aplicações rápidas. Além disso, vamos instigar os participantes a produzir a sua apresentação, mostrando segredos e dicas para uma apresentação de slides prática e eficiente.
Sobre o ministrante: Ricardo Vieira é estudante de Design-Moda na UFC. Educador do Núcleo Educativo do Museu de Arte da UFC, vinculado ao Laboratório de Práticas Experimentais em Arte e Educação Museal do Mauc (LAPEArte).
Materiais necessários: Ferramenta online Canva ou Power Point.
Inscrições: Clique aqui

 

– Visitas

Conhecendo o Museu de Arte da UFC: visita online – 1ª Edição
Ministrante: Vinícius Santos Ribeiro | Instagram: @santosribeirinho_ @educativomauc
Modalidade/Plataforma: Visita Online/Google Meet
Data: 12/01
Horário: 10:00 às 12:00 horas
Número de vagas: 50
Carga horária: 2 horas
Faixa etária: Livre
Ementa: Esta atividade pretende oferecer uma visita online ao Museu de Arte da UFC (Mauc). Durante a visita, dialogaremos sobre o que é o museu e, principalmente, conheceremos os principais artistas presentes em sua exposição de longa duração. A visita incluirá tópicos como: Os percursos da criação popular no Ceará; Do sertão ao litoral: Raimundo Cela; A poética das cores de Antônio Bandeira; O mundo fantástico de Chico da Silva: do Acre ao Ceará; Formas plurais, do Brasil e do Ceará: Aldemir Martins; Descartes Gadelha: denúncia e festa em cores e expressões.
Sobre o ministrante: Graduando em Pedagogia pela UFC. Educador do Núcleo Educativo do Museu de Arte da UFC, vinculado ao Laboratório de Práticas Experimentais em Arte e Educação Museal do Mauc (LAPEArte).
Inscrições: Clique aqui

Conhecendo o Museu de Arte da UFC: visita online – 2ª Edição
Ministrante: Vinícius Santos Ribeiro | Instagram: @santosribeirinho_
Modalidade/Plataforma: Visita Online/Google Meet
Data: 26/01
Horário: 10:00 às 12:00 horas
Número de vagas: 50
Carga horária: 2 horas
Faixa etária: Livre
Ementa: Esta atividade pretende oferecer uma visita online ao Museu de Arte da UFC (Mauc). Durante a visita, dialogaremos sobre o que é o museu e, principalmente, conheceremos os principais artistas presentes em sua exposição de longa duração. A visita incluirá tópicos como: Os percursos da criação popular no Ceará; Do sertão ao litoral: Raimundo Cela; A poética das cores de Antônio Bandeira; O mundo fantástico de Chico da Silva: do Acre ao Ceará; Formas plurais, do Brasil e do Ceará: Aldemir Martins; Descartes Gadelha: denúncia e festa em cores e expressões.
Sobre o ministrante: Graduando em Pedagogia pela UFC. Educador do Núcleo Educativo do Museu de Arte da UFC, vinculado ao Laboratório de Práticas Experimentais em Arte e Educação Museal do Mauc (LAPEArte).
Inscrições: Clique aqui

 

– Brincando no Museu

Entre 11 janeiro e 31 de março de 2021, o Brincarmóvel estará no estacionamento do Mauc todas as terças, quartas e quintas-feiras. O público infantil poderá acessar o espaço e brincar bastante das 8 às 11:30 e das 14 às 17:30 horas.
Brincando no Museu é uma ação da Pró-Reitoria de Extensão da UFC (PREX) com realização do Programa CELULA (Centro de Estudo sobre Ludicidade e Lazer) e Brincarmóvel, com apoio do Museu de Arte da UFC (Mauc).

 

Protocolo de biossegurança para as atividades presenciais

Atenção, fique atenta(o/e) às orientações abaixo, com as normas de biossegurança que deverão ser seguidas por todos os participantes nas atividades presenciais do Férias no Mauc – 6ª Edição:
1) Apresentação do Comprovante de Vacinação com, no mínimo, duas doses para pessoas acima de 12 anos (no caso de quem tomou dose única, uma única dose) – será obrigatório para entrada no museu;
2) Utilização de máscara durante todo o tempo em que permanecer nos espaços do Mauc;
3) Distanciamento, o quanto possível, entre participantes das atividades, de modo a evitar contágios e propagação do vírus;
4) Sempre que possível, traga o seu próprio material e/ou instrumentos para as oficinas, para evitar o uso compartilhado. Quando fizer uso compartilhado, sempre higienizar as mãos com álcool em gel, que estará à disposição do público na instituição.

 

Acessar Ir para o topo