Área do cabeçalho
gov.br

Este sítio foi reprojetado para melhor atendê-lo. Acesse já pelo celular e veja mais essa novidade

Portal da UFC Acesso a informação da UFC Ouvidoria Conteúdo disponível em: Português

Universidade Federal do Ceará
Museu de Arte da UFC – M A U C

Área do conteúdo

Calourada no Mauc 2021.1

Data de publicação: 2 de junho de 2021. Categoria: Eventos

De 07 a 12 de junho o Museu de Arte da UFC irá realizar a Calourada no Mauc voltada ao acolhimento, recepção e apresentação do Museu às(aos) novas(os) estudantes da Universidade Federal do Ceará (UFC) ingressantes em 2021 e também para veteranos que não tenham tido oportunidade de conhecê-lo.

A postagem apresenta 7 quadros de cor amarelo, dentro de uma moldura com formas não lineares com as cores, laranja, amarelo, azul escuro, cinza e branco. Dentro do quadro na parte superior, em cor branca, vê-se o texto “Calourada no Mauc. 07/06 - 12/06”. Dentro de um retângulo branco há o texto "vem conferir a programação!". Logo abaixo, na parte inferior do quadro, tem uma imagem vetor de jovens confraternizando, da esquerda pra direita vê-se: uma menina de cabelos curtos e escuros, pele branca e roupa azul escuro; uma menina de pele negra, cabelos longos e escuros e roupa vermelha; um menino de pele negra, cabelo curto e escuro, boné vermelho e roupa branca; um menino de cabelo curto e escuro, pele clara, óculos de grau e roupa vermelha.

Peça gráfica de divulgação da Calourada no Mauc.

A proposta está em sinergia com a importância da construção de vínculos entre calouros(as) e o museu, especialmente no contexto pandêmico, que ainda vivenciamos e impossibilita visitas presenciais. Assim, a calourada será uma forma de propiciar uma integração entre o Mauc e estudantes, a partir de uma programação diversificada de oficinas, visitas virtuais e um sarau. Espera-se contribuir para a visibilidade do Museu junto a esse perfil de público tão importante, bem como construir um ambiente acolhedor e criativo para estudantes que estão chegando à universidade e que estão vivenciando o ensino remoto.

Todas as atividades da Calourada no Mauc irão acontecer nas plataformas Google Meet e Youtube, a participação em algumas atividades exige inscrição prévia.

 

Veja programação completa

07/06 – Segunda
10 horas: Oficina Inspira, respira e… abstrai! – Ministrante: Diana Teles (Formulário de Inscrição)
16 horas: Lançamento do E-book “I Seminário Museus e Coleções da UFC – Reflexões Contemporâneas” – Participantes: Graciele Siqueira, Maria Josiane Vieira, Saulo Moreno, Larisse Macêdo, Karla Lopes e Thiago Nogueira (Canal do Mauc no Youtube)
18:30 horas: Oficina Bolsa Arte Moda – Ministrantes: Bolsistas Arte Moda (Formulário de Inscrição)

08/06 – Terça
10 horas: Oficina Introdução à Plataforma Currículo Lattes – Ministrantes: Larisse Macêdo e Saulo Moreno (Formulário de Inscrição)
14 horas: Conhecendo o Museu de Arte da UFC – Visita Online – Responsável: Saulo Moreno Rocha (Formulário de Inscrição)

09/06 – Quarta
10 horas: Oficina de Isogravura – Relendo Francorli – Ministrante: Melissa Prates (Formulário de Inscrição)
18:30 horas: Oficina de Poesia: Redescobrindo Antônio Bandeira através das palavras – Ministrante: Luara Cândido (Formulário de Inscrição)

10/06 – Quinta
14 horas: Live “Museu de Arte da UFC: projetos e possibilidades de atuação discente” – Participantes: Aline Basso, Auricélia França, Graciele Siqueira, Karla Lopes, Kathleen Raelle, Larisse Macêdo e Saulo Moreno (Canal do Mauc no Youtube)
18:30 horas: Oficina Inspira, respira e… abstrai! – Ministrante: Diana Teles (Formulário de Inscrição)

11/06 – Sexta
14 horas: Oficina Audiodescrição no Instagram – Ministrantes: Davi Cândido e Rebecca Barroso (Formulário de Inscrição)
18:30 horas: Oficina de Isogravura – Relendo Francorli – Ministrante: Melissa Prates (Formulário de Inscrição)

12/06 – Sábado
Sarau de encerramento (Canal do Mauc no Youtube)
Convidados(as) confirmadas(os)
Abertura (18:00 horas)
Descartes Gadelha
Verso de Boca
Catherine Furtado
Café de Menezes
André Dias
Zéis
Camerata de Cordas da UFC
Beatriz Bandeira
Amanda Sales
Matheus Marques
Laura Freire
Will Alves
Cláudia Oliveira

Informações detalhadas sobre as atividades

Oficina: Inspira, respira e… abstrai!
Ministrante: Diana F Teles
Modalidade/Plataforma: Google Meet
Data e horário: 07/06 – 10 horas | 10/06 às 18:30 horas
Número de vagas: 10 pessoas.
Carga horária: 1 hora
Faixa etária: a partir de 15 anos.
Ementa: Apresentar o artista Antônio Bandeira, algumas de suas obras que fazem parte do acervo do Mauc e falar um pouco sobre o abstracionismo lírico. Demonstrar aos participantes algumas técnicas de desenho abstrato e provocá-los a desenharem a partir das informações repassadas.
Materiais necessários:
– Tinta acrílica (várias cores);
– Espátula de plástico ou metal;
– Fita adesiva (para a fixação do papel na superfície de trabalho);
– Papel tamanho A4, Canson com alta gramatura(300g/m);
Materiais alternativos (Caso você não tenha acesso aos materiais acima, você pode fazer a oficina com os materiais listados abaixo. Não precisa adquirir todos! Utilize os materiais abaixo apenas se não for possível obter os da lista acima):
– Tinta tempera guache (várias cores) ou tinta aquarela em bisnaga (várias cores);
– Papel tamanho A4 sulfite, cartolina ou papel kraft;
– Um objeto flexível que possa ser usado como espátula: uma régua, uma carteirinha velha ou uma tampa plástica de margarina recortada.
Sobre a ministrante:
Diana F Teles é bacharel em Estilismo e moda/UFC, estudante de Biblioteconomia/UFC e bolsista do projeto “Museu de Arte: uma nova recepção estética”, com atuação no Laboratório de Práticas Experimentais em Arte e Educação Museal do Mauc (LAPEArte).

Oficina de Técnicas Mistas
Ministrante(s): Gabriela Costa Borges
Modalidade/Plataforma: Google Meet
Data: Dia 07/06
Horário: 18:30
Número de vagas: 30
Carga horária: 1 hora
Faixa etária: Livre
Ementa: Nessa oficina aprenderemos a fazer uma produção artística autoral com técnicas mistas, será ensinado sobre como fazer colagem, desenho e pintura juntos.
Materiais necessários:
• Uma folha A4 do papel de sua preferência para montar a arte
• Material para recorte (revistas, livros velhos, jornais, apostilas antigas, etc…)
• Tesoura
• Cola (bastão, branca, isopor…)
• Algum material para desenhar (canetas)
• Algum material de pintura (tintas, lápis de cor, giz, marcadores…)
Sobre a ministrante: Gabriela Borges é uma das bolsistas da BAM, tem a arte em sua vida a bastante tempo, suas técnicas favoritas são tinta acrílica, aquarela e colagem.

Oficina de Isogravura: Relendo Francorli
Ministrante: Melissa Prates
Plataforma: Google Meet
Data e horário: 09/06 – 10 horas | 11/06 – 18:30 horas
Número de vagas: 15 vagas
Carga horária: 30 minutos
Faixa etária: Livre
Materiais:
— Bandeja de isopor
— Esponja ou Pincel
— Lápis
— Tinta (preferência preta)
— Papel
Ementa: Essa oficina pretende iniciar os participantes em técnicas de gravura utilizando isopor como matriz e simultaneamente explorar mais as xilogravuras de Francorli. Utilizaremos elementos presentes nas obras do artista para desenvolver uma isogravura, assim será usada uma folha de isopor como “carimbo” transferindo a criação para o papel ou outra superfície adequada.
Sobre a ministrante: Melissa Prates (Melzier) – Estudante de Design do 3º período na UFC, pintora de tinta óleo e atual bolsista no Núcleo educativo do Mauc, vinculada ao projeto “Museu de Arte: Uma nova recepção estética”

Oficina de Poesia: Redescobrindo Antônio Bandeira através das palavras
Ministrante: Luara Cândido
Modalidade/Plataforma: Google Meet
Data: 09/06
Horário: 18:30
Número de vagas: 15
Carga horária: 1 hora
Faixa etária: Livre
Ementa: A oficina de Poesia tem como objetivo instigar os inscritos a se expressarem através da poesia e terá como referencial as obras de Antonio Bandeira, tanto pinturas como escritos.
Sobre a ministrante: Luara Cândido – Estudante do 7° semestre de Pedagogia na UFC, escritora, poeta e colagista. Bolsista Arte do Laboratório de Práticas Experimentais em Arte e Educação Museal do Mauc (LAPEArte) – Programa de Promoção da Cultura Artística (PPCA/Secult-Arte).

Oficina: Introdução à Plataforma Lattes
Ministrante(s): Larisse Macêdo de Almeida e Saulo Moreno Rocha
Modalidade/Plataforma: Google Meet
Data: 08/06/2021
Horário: 10:00h
Número de vagas: 40
Carga horária: 1 hora
Faixa etária: Livre
Ementa: A Plataforma Lattes, desenvolvida pelo CNPq, foi criada com o objetivo de reunir em um formulário padrão o registro dos currículos dos pesquisadores brasileiros e disponibilizar em um único sistema de informação. Atualmente o Currículo Lattes é utilizado pelas principais universidades, institutos, centros de pesquisa e fundações de amparo à pesquisa dos estados como instrumento para a avaliação de pesquisadores, professores e alunos. Por sua riqueza de informações e sua crescente confiabilidade e abrangência, tornou-se elemento indispensável à análise de competências ligadas à formação e experiência profissional e acadêmica, necessárias aos financiamentos na área de ciência e tecnologia. Assim, a oficina pretende dar ênfase em conceitos básicos e manuseio da plataforma visando promover e estimular a pesquisa e o ingresso no mundo das ciências.
Sobre a(s) ministrante(s):
Larisse Macêdo de Almeida – Bibliotecária formada pela Universidade Federal do Ceará (2013), pós-graduada em Pesquisa Científica pela Universidade Estadual do Ceará (2016), mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federal do Ceará (2019). Atualmente exerce o cargo de Bibliotecário-Documentalista no Sistema de Bibliotecas da Universidade Federal do Ceará, responsável pelo gerenciamento da Biblioteca Floriano Teixeira do Museu de Arte da UFC.
Saulo Moreno Rocha – Museólogo formado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Mestre em Museologia e Patrimônio pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) e Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST). Atualmente exerce o cargo de museólogo no Museu de Arte da UFC (Mauc), responsável pelo Núcleo Educativo.

Live “Museu de Arte da UFC: projetos e possibilidades de atuação discente”
Participantes: Aline Basso, Auricélia França, Graciele Siqueira, Karla Lopes, Kathleen Raelle, Larisse Macedo e Saulo Moreno
Modalidade/Plataforma: Transmissão ao vivo – Canal do Mauc no Youtube
Data: 10/06
Horário: 14 horas
Carga horária: 2 horas
Faixa etária: Livre
Ementa: A live tem o objetivo de apresentar o Museu de Arte da UFC (Mauc) como um espaço de atuação discente, através de distintas modalidades de inserção: bolsa, estágio e voluntariado. As coordenadoras abordarão os programas e projetos desenvolvidos na instituição, o perfil de estudantes atualmente envolvidos e as possibilidades de atuação para estudantes recém-ingressos na Universidade.

Sobre as participantes:
Aline Basso – Doutora em Belas Artes na especialidade Desenho, pela Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, em Lisboa, Portugal (2020). Mestre pelo Programa de Pós-graduação em Artes Visuais, UFPB/UFPE (2014). Especialista em Artes Visuais: Cultura e Criação pelo Senac (2011). Graduada em Tecnologia em Design de Interiores pelo CEFET-PB (2004). É professora adjunta do Instituto de Cultura e Arte da Universidade Federal do Ceará – ICA/UFC. Atua na graduação em Design-Moda, na unidade de Linguagem Visual e participa da coordenação de dois projetos de extensão vinculados à Secult-Arte-UFC: o Bolsa-Arte Moda, no ICA, e o LAPEArte, no Mauc. Possui experiência profissional e de ensino nas áreas de desenho, artes visuais, moda e design de produto.

Auricélia França – Graduada em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Ceará – UFC. Especialista em Tecnologias Aplicadas ao Tratamento, Recuperação e Gestão da Informação pela UFC. Técnica em Arquivos no Museu de Arte da UFC.

Graciele Siqueira – Museóloga formada pela Escola de Museologia da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UniRio). Mestre em Museologia e Patrimônio pela UniRio em parceria com o Museu de Astronomia e Ciências Afins (Mast). Especialista em Gestão Cultural pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA). Trabalha no Museu de Arte da Universidade Federal do Ceará (Mauc/UFC), desde 2008, desempenhando a função de museóloga e responsável pela Divisão de Acervos. Desde 2018, ocupa a função de diretora do Mauc/UFC.

Karla Lopes – Mestre em Educação Brasileira pela Universidade Federal do Ceará (2013). Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal do Ceará (2004). Foi professora da Educação Infantil e do Ensino Fundamental, nas Prefeituras de Fortaleza e de Caucaia, entre os anos de 2005 a 2010. Trabalhou na Coordenadoria de Projetos e Acompanhamento Curricular, da Pró-Reitoria de Graduação da UFC de 2010 a 2014. De 2015 a 2020 trabalhou na Coordenadoria de Concursos da UFC e atualmente está lotada no Museu de Arte da UFC. Desde 2018 participa do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação e Ludicidade – GEPEL, da Faculdade de Educação da UFC.

Kathleen Raelle – Bacharel em Design de Moda (2011) e mestre em Artes (2016) pelo Programa de Pós-Graduação em Artes, linha de pesquisa Arte e Pensamento, ambos do Instituto de Cultura e Arte da Universidade Federal do Ceará (UFC). Atualmente, coordena o Núcleo de Comunicação do Museu de Arte da UFC, instituição em que é servidora desde 2009. Possui interesse nos temas relacionados à arte, educação e comunicação institucional.

Larisse Macêdo – Bibliotecária formada pela Universidade Federal do Ceará (2013), pós-graduada em Pesquisa Científica pela Universidade Estadual do Ceará (2016), mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federal do Ceará (2019). Atualmente exerce o cargo de Bibliotecário-Documentalista no Sistema de Bibliotecas da Universidade Federal do Ceará, responsável pelo gerenciamento da Biblioteca Floriano Teixeira do Museu de Arte da UFC.

Saulo Moreno – Museólogo formado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Mestre em Museologia e Patrimônio pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) e Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST). Atualmente exerce o cargo de museólogo no Museu de Arte da UFC (Mauc), responsável pelo Núcleo Educativo.

Oficina: Audiodescrição no Instagram
Ministrante(s): Davi Cândido e Rebecca Barroso
Modalidade/Plataforma: Google Meet
Data: 11/06
Horário: 14h
Número de vagas: 40
Carga horária: 02:30 horas
Faixa etária: Livre
Ementa: Esta oficina se propõe a oferecer noções básicas de audiodescrição de imagens estáticas como importante recurso para a acessibilidade e inclusão de pessoas com deficiência visual ao consumirem produtos audiovisuais expostos em publicidade institucional no Instagram. Dessa forma, serão abordados conceitos básicos de definição de audiodescrição, bem como suas possíveis aplicações, especificamente para imagens estáticas no contexto da publicidade institucional. O minicurso terá uma hora de duração, sendo o primeiro momento, teórico-aplicado e o último focado em exercícios de prática de audiodescrição para o Instagram.
Sobre a(s) ministrante(s):
Davi Cândido da Silva é Pedagogo graduado pela Universidade Federal do Ceará (2006), Especialista em Educação Ambiental pela Universidade Estadual do Ceará (2016) e mestrando do Programa de Estudos da Tradução (POET) UFC. Atua como Técnico em Assuntos Educacionais da Secretaria de Acessibilidade UFC-Inclui coordenando a Divisão de Apoio Pedagógico ao Aluno e Formação para a Acessibilidade. Um dos responsáveis pela organização, coordenação e execução da Semana de Inclusão e Acessibilidade da UFC e da Semana Acessibilidade em Ação.

Rebecca Barroso – Graduada no curso de Letras com habilitação em italiano, português e Literaturas – Universidade Federal do Ceará (UFC). Pós-graduada no curso de especialização em Linguística Aplicada e ensino de Línguas Estrangeiras (Celest-UFC); Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada – Universidade Estadual do Ceará (PosLA – UECE); Consultora em Audiodescrição em formação pelo grupo de pesquisa Legendagem e Audiodescrição (LEAD); Professora de italiano por paixão, amante de café, música, animais de estimação, RPG e leitora voraz de literatura de fantasia. Sonho com um #MaineCoon e com um #CãoGuia

Sarau
12/06 – a partir das 18 horas
Convidados(as) confirmadas(os)

Descartes Gadelha
Pintor, desenhista, escultor e músico. Doutor honoris causa pela Universidade Federal do Ceará (UFC), possui sala individual no circuito expositivo do Museu de Arte da UFC (Mauc) e já realizou inúmeras exposições na instituição, além de doações importantíssimas ao acervo. É um dos fundadores do Maracatu Solar.

Verso de Boca
O Grupo Verso de Boca é composto por estudantes do Curso de Letras da Universidade Federal do Ceará (UFC). Criado em 1999, é um projeto com registro na Secretaria de Cultura Artística (Secult-Arte/UFC). O Grupo tem por finalidade dizer a boa Poesia de todos os lugares e épocas, considerando o poema, como disse José Mindlin, “uma espécie de partitura musical, que só se torna verdadeiramente viva quando lida ou dita em voz alta, assim como a música também só se torna viva quando a partitura é executada”.

Catherine Furtado
Catherine Furtado dos Santos – Professora de Percussão do Curso de Música – UFC. Mestra e Doutora na área de educação musical através das práticas percussivas. Regente e coordenadora do projeto de extensão Grupo de Música Percussiva Acadêmicos da Casa Caiada – UFC. Co-tutora do PET (música) com estudos no Grupo de Saberes em Cultura Popular. Regente e brincante do Maracatu Solar.

Café de Menezes
Café de Menezes é o projeto solo do músico, compositor e multi-instrumentista fortalezense Davi de Menezes. Atuando de forma independente na cena musical da cidade, o músico aborda de forma intimista as suas canções, que tem influências vastas, desde a MPB a folk music. Seu primeiro trabalho, homônimo ao projeto, está disponível nas plataformas digitais.

André Dias
Sou André Dias, cantor, compositor, professor de canto e aluno do Curso de Música da UFC. Comecei a cantar no karaokê em casa com a família e, aos dezesseis anos, tive minha primeira banda. Nessa época comecei a escrever música e comecei a tocar violão. Aos dezoito comecei a fazer aulas de canto e, mais tarde, me formei no curso técnico em instrumento musical pelo IFCE, onde tive aulas de violão e flauta doce. Já fiz parte de dois espetáculos de coral: “Alucinação: Coral do IFCE canta Belchior” e o “FÉ”, do coral do ICA. Hoje faço parte da banda Dust Alley, como vocalista e compositor. Sou bolsista do Projeto Fazer Arte na UFC como instrutor de Canto e, em outros semestres, como instrutor de flauta doce também. Minhas maiores influências são o rock nacional dos anos 80 até os mais atuais, porém sou bem eclético, tanto para ouvir, como para cantar qualquer estilo. Para o Sarau eu trago um compilado de composições autorais feitas ao longo da minha trajetória de cantor e compositor.

Zéis
Zéis é cantor, ator e compositor cearense. Sua carreira solo iniciou em 2017, com o disco De Preto Em Blue, nele abordou questões sociais e raciais. Em 2018, revisitou as canções mais importantes de sua carreira em uma temporada do show Sessões Acústicas, este virou um álbum ao vivo e ganhou destaque no Spotify com a faixa Traços Simples. Caim veio em 2020 e foi produzido por Zéis e pelo músico Artur Guidugli, o disco trata sobre o Fim em diferentes esferas. Em 2021 já lançou os singles Vai Ter Carnaval e Menino Velho. Esteve a frente da banda Capotes Pretos na Terra Marfim entre os anos de 2013 a 2018. Dirigiu o show Baile Preto da cantora cearense Luiza Nobel, com quem também integrou o laboratório de criações do Porto Iracema das Artes com tutoria da artista Mahmund. Ainda ao lado de Luiza, venceram o Festival de Música da Juventude de Fortaleza em 2019 e tocaram em importantes festivais da cidade. É atuante na cena teatral local. Destacam-se seus direcionamentos musicais nos espetáculos Arragaia, Devorando Heróis e Tempo Temporão, além de suas contribuições na concepção das sonoplastias de Îandé Tekoha e Orlando. Destaque ainda para sua atuação no musical, com canções de Noel Rosa, A Noiva e o Condutor, no clássico O Pagador de Promessas e em no seu primeiro espetáculo solo, ainda em processo, Gato Preto. Formado em História pela Universidade Estadual do Ceará e em Música pela Universidade Federal do Ceará. Integra atualmente o mestrado em Artes pelo Programa de Pós-Graduação em Artes do IFCE.

Camerata de Cordas da UFC
A Camerata de Cordas da UFC – Fortaleza iniciou suas atividades em março de 2016, sob a direção da Prof.a Dra. Liu Man Ying (violino e viola) e da Prof.a Ms. Dora Utermohl de Queiroz (violoncelo e contrabaixo). O grupo desenvolve um repertório pedagogicamente selecionado de ampla abrangência, desde músicas do período barroco a repertório de vídeogames. A Camerata é formada por alunos da graduação em Música da UFC e de extensão de Ensino Coletivo de Cordas Friccionadas e conta com o apoio da Pró- Reitoria de Extensão da Universidade Federal do Ceará. A Camerata de Cordas da UFC realizou cerca de 96 concertos desde sua fundação, atingindo um público de mais de 65000 mil pessoas.

Beatriz Bandeira
É cantora crossover, multi-instrumentista e compositora, começou os estudos em canto ainda aos 12 anos, aos 17 conheceu o canto lírico e, atualmente, desenvolve práticas de canto popular e lírico, também é graduanda em licenciatura em Música pela Universidade Federal do Ceará. Atua como professora de canto e artista da cena musical cearense, lançou no final de 2019 seu primeiro single “Eu(você)” já disponível em todas as plataformas digitais, também em 2019 assinou seu primeiro show e participou do festival elos fazendo a abertura do show de Luiza Nobel e Elza Soares.

Amanda Sales
É uma cantora autodidata cearense que cresceu em berço musical. O Rock N’ Roll setentista, o Blues, o Soul e a MPB desde sempre permearam a sua vida e são nítidas influências de musicalidade. Ela catalisa tudo e desenvolve o seu próprio som. Atua profissionalmente na música desde 2015, quando junto do seu irmão Víctor Hugo Sales, formou o projeto Sales Duo. Atualmente, é vocalista e intérprete das canções do irmão e parceiro musical há anos na banda autoral de rock Órfãos de Iracema. Trabalha também em projetos paralelos fazendo sua versão para a música de outros artistas. Sua grande felicidade é unir o mundo através da linguagem universal da música.

Matheus Marques Melo
É compositor, arranjador, cantor e professor de música, além de poeta e filósofo. É bacharelando em composição pela UECE e em filosofia pela FCF. Aluno de canto de grandes professores como Sérgio Nóbrega, Luiz Carlos Prata, Marcelo Okay, Maria Juliana dentre outros. Cantor versátil, Matheus atua em vários ramos e estilos diferenciados, passando desde a ópera até o popular.

Laura Freire
Cantora e intérprete. Aluna de licenciatura em Música na UFC, com foco em canto popular e violão. Traz em seu repertório músicas da cena autoral paraibana, bem como nomes diversos da MPB. Já participou de de grupos artísticos vinculados à UFC, tais como Coral do ICA e Coral da UFC.

Will Alves
Graduado em Comunicação pela Universidade Salvador (UNIFACS) e mestrando em Cultura na Universidade de Lisboa. Estudou ainda, Canto na Universidade Federal da Bahia (UFBA), Música no Instituto Federal do Ceará (IFCE) e é Pós-Graduado em Arte-Educação. Desde 2007, Produz, Dirige, Cria e Atua em espetáculos artísticos e realiza diversas oficinas e formações de Artes para grupos e empresas. É também professor de canto e coordenador de projeto musical em Bossa Nova e Jazz.

Cláudia Oliveira
Cantora, compositora, escritora e professora. Sua vida no mundo da música, teve início na Orquestra Evangélica Som & Vida sob a regência do maestro Luiz Laurentino de Oliveira, onde ficou por 3 anos (2012–2015). Depois, foi para a Orquestra de Câmera Heitor Villa Lobos, na regência do maestro Leonardo Sidney (2015–2018). Atualmente, faz parte do Coral da Santa Casa de Fortaleza e da Turma especial de Canto Lírico da UFC, sob a regência da professora Maria Juliana Linhares.

Aguardamos você!

__

A Calourada no Mauc é uma realização do Núcleo Educativo (NEMauc), do Museu de Arte da UFC (Mauc) e Secretaria de Cultura Artística (UFC Arte) com o apoio de Grupo de Pesquisa em Informação e Comunicação da Universidade Federal do Amazonas (GRUPIC/UFAM), da Coordenadoria de Comunicação e Marketing da UFC, da Secretaria de Acessibilidade (UFC Inclui), da Pró-Reitoria de Administração e Planejamento, da Pró-Reitoria de Extensão e da Pró-Reitoria de Relações Internacionais e Desenvolvimento Institucional.

Acessar Ir para o topo