Português

Exposição 2020.8 – Monólitos e Convidados: Gravura de Ponta a Ponta

Banner de divulgação da exposição “Monólitos e Convidados: Gravura de Ponta a Ponta”. (Foto: Mauc)

Uma exposição digital promovida pelo MAUC/UFC, que reúne 43 artistas oriundos do Ateliê Livre e Coletivo da Escola de Artes e Ofícios Thomáz Pompeu Sobrinho – EAOTPS, e alguns outros artistas convidados, O Ateliê Livre desenvolve uma prática baseada na liberdade do pensar e fazer as artes gráficas como um movimento amplo, conectando os artistas e interessados em participar de um trabalho coletivo com informações sobre a gravura, compartilhadas de forma mútua, gerando assim, um conhecimento recíproco da prática e dos saberes da visualidade.

O Ateliê Livre de EAOTPS, reúne em Fortaleza o tripé básico da prática da gravura: xilogravura, gravura em metal e litogravura, promovendo uma experiência inovadora dessas práticas que são sustentadas por uma monitoria efetiva e participativa, amplamente apoiada pela direção da Escola de Arte e Ofícios Thomaz Pompeu Sobrinho. A produção dessa exposição demonstra a dinâmica da gravura, que nasceu em tempos remotos no Oriente, mas permanece viva até os tempos atuais na síntese de uma matriz geradora que promove uma imagem e uma impressão. Uma linguagem que muito contribui para as artes visuais.

Atualmente, a prática das artes gráficas nos permite ir além nos processos da confecção e impressão da matriz física, ao utilizarmos os meios digitais. É essa nova prática que ampliou as possibilidades do fazer com a gravura tornando-a um meio contemporâneo.

E isso também expande a discussão da contribuição imagética que o fazer da gravura promove até hoje, ou seja, como essa ampliação possibilita uma reflexão da sua contribuição seminal, desde sua existência ancestral até o momento atual, através de um processo que amplia e oferece uma nova plataforma de conhecimentos e expressões com a gravura.

 

“Essa exposição é dedicada a memória do grande mestre litografo pernambucano Hélio Soares dos Santos (1946-2020), que nos deixou recentemente. A gravura brasileira, especificamente a litografia, agradece muito sua contribuição nos saberes compartilhados brasil afora, por esse grande mestre da litografia”.

Eduardo Eloy, artista visual e professor
Fortaleza, 15.06.2020

 

Artistas Participantes:

Aldírio Ribeiro Chagas Cunha Ivan Guimarães Rafaela teixeira
Amélia Couto Daniel Chastinnet José Altino Raianny Queiroz
Ana Costa Lima Demétrio Sena Julio Silveira Raul Córdula
Andrea Dall’olio Dione Rabelo Kelson Teles Regina Carvalho
Barbara Sotério Eduardo Eloy Marcus Oriá Roberto Galvão
Beto Gaudêncio Fabiana Azeredo Mário Sanders Sandra Montenegro
Beto Nascimento Fernando Duarte Mirian Tolpolar Sebastião de Paula
Cardoso Junior Francisco Bandeira Paulo Amparo Silania Cavalcante
Carlus Campos Gerson Iparajá Paulo Regis Silvano Tomaz
Cecília Bichucher Gustavo Diogenes Pedro augusto Vitória Marques

 

Vlamir Sousa Zakira Zé Tarcísio

 

Convocatória

A convocatória da exposição pode ser visualizada clicando aqui

Acervo:

O acervo da exposição pode ser visualizado clicando aqui

 

O MAUC – O Museu de Arte da UFC está situado na Av. da Universidade, 2854, Benfica, e funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h. Em sábados agendados, o museu abre para visitação com programação especial.

Mais informações sobre as atividades culturais do espaço podem ser encontradas no site do MAUC e nos perfis do Museu no Instagram e no Facebook.

Fonte: Museu de Arte da UFC – fones: (85) 3366 7481 e 3366 7480